0

Você não possui itens no carrinho de compras.

Voltar para a Home do Blog

Allan e Betina vencem a Travessia do Canal de Ilhabela

allan-betina

Foi a maior da história. Ontem, dia 5 de novembro, a Travessia do Canal de Ilhabela registrou o maior número de atletas inscritos em uma só edição: 900 nadadores. Um número que apenas reforça o crescimento desta prova que em 2017 foi disputada pela quarta vez. A expectativa de nadar num local cheio de desafios, num percurso desafiante e aproveitar as belezas naturais da região são alguns atrativos que os interessados encontram para disputar a travessia. Outro fato que também ajudou a alavancar as inscrições da prova este ano foi a presença de membros da seleção brasileira de águas abertas.

Pela primeira vez em suas carreiras, Allan do Carmo e Betina Lorscheitter disputaram a prova. Os dois estiveram este ano no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste e estavam motivados e empolgados para debutar na Travessia do Canal de Ilhabela. Em conversa com a SWIM CHANNEL na véspera do evento Betina inclusive prometeu bater o recorde da prova e nadar. Já Allan foi mais comedido e afirmou que planejava fazer uma boa travessia e se possível vencer.

O pódio feminino da Travessia do Canal de Ilhabela - Foto: Facebook/Reprodução

O pódio feminino da Travessia do Canal de Ilhabela – Foto: Facebook/Reprodução

Como já publicamos aqui, a Travessia do Canal de Ilhabela pode ser disputada em até três percursos: sul, leste e canal fechado. Como as condições climáticas estavam muito instáveis, o canal acabou sendo fechado e foi decidido realizar a prova no percurso “Canal Fechado”. Foi a primeira vez na história que este trajeto foi adotado, com todos os nadadores tendo que nadar beirando a costa de Ilhabela, totalizando 3,2 km. A mudança, pensada na segurança dos aletas, não prejudicou em nada o evento.

Como a prova seria disputada pela primeira vez em um novo percurso, conheceríamos ao fim da prova dois novos recordistas. E eles acabaram sendo os dois atletas mais famosos da prova. No masculino o favorito Allan do Carmo não teve problemas em vencer a prova com uma boa vantagem para os demais participantes. O atual vice-campeão da Copa do Mundo da Fina foi o primeiro atleta a pisar na areia concluindo o percurso em 31min55s e de quebra escrevendo seu nome como recordista do percurso alternativo. Em seguida veio o nadador da Equipe Navegante, Luiz Felipe Lebeis com 32min29s que também disputava sua primeira edição da Travessia do Canal de Ilhabela. Em seguida chegaram os nadadores paulista Marcos Fraccaro (33min18s), Marcos Campos (33min40s) e Samir Barel (33min56s).

Largada Canal de Ilhabela 2017 #sintasemormaii #swimchannel

Uma publicação compartilhada por Swim Channel (@swimchannel) em

Entre as mulheres Betina cumpriu o que havia prometido. Na véspera afirmou que buscaria ganhar a prova e bater o recorde. Dito e feito, a nadadora gaúcha subiu no lugar mais alto do pódio ao completar a travessia com o tempo de 34min08s. E foi uma prova bem forte, afinal, na classificação geral (somando homens e mulheres) ela foi a sexta colocada. Quem também terminou dentro do top 10 no ranking geral foi Catarina Ganzeli, que sagrou-se vice-campeã com a marca de 34min53s. Rafaela de Souza (35min55s), Beatriz Puciarelli (36min07s) e Maria Schimidt (38min46s) também estiveram no pódio para receber seus troféus especiais.

A 4ª edição da prova foi um sucesso e só mostrou como a Travessia do Canal de Ilhabela já se tornou uma prova conceituada e que deverá crescer ainda mais nas próximas edições. A prova teve realização da Magna Desportes, produção da EcoOutdoor, apoio da Prefeitura de Ilhabela, divulgação de mídia da SWIM CHANNEL e a Mormaii como fornecedora esportiva. Os resultados completos já estão disponíveis no site do evento e podem ser conferidos aqui.

Por Guilherme Freitas

Deixe um comentário

To Top