0

Você não possui itens no carrinho de compras.

Voltar para a Home do Blog

Lochte volta as piscinas e com recorde

O nadador Ryan Lochte - Foto: Reprodução

Ele voltou. Após cumprir dez meses de suspensão Ryan Lochte esta de volta as piscinas. O segundo maior medalhista olímpico de todos os tempos estava impedido de competir em razão do escândalo do falso assalto que teria sofrido durante os Jogos Olímpicos do Rio-2016. Após uma noitada com outros colegas de seleção americana, o nadador concedeu uma entrevista a imprensa de seu país dizendo ter sofrido um assalto a mão armada. Dias depois a verdade veio a tona e a história era falsa. Na verdade eles vandalizaram um posto de gasolina e se recusaram a pagar o táxi.

A mentira não pegou bem e Lochte foi tido como o mentor da história, além de processado pela Justiça brasileira. Nos Estados Unidos tentou se defender e pediu desculpas, mas foi severamente punido pela USA Swimming levando uma suspensão de dez meses. Neste período não pode competir ou participar de eventos da entidade, além de não poder nadar o Mundial de Budapeste. Perdeu ainda diversos patrocinadores, entre eles Speedo e Ralph Lauren. Parecia que sua carreira e vida pessoal haviam chego ao fundo poço, porém, ele dá mostras de amadurecimento.

Lochte levou o filho ao US Open - Foto: Twitter do nadador

Lochte levou o filho ao US Open – Foto: Twitter do nadador

Aos poucos Lochte foi se recuperando financeiramente com novos patrocinadores. Em janeiro acertou contrato com a TYR e passou a ser a grande estrela do time que já contava com os campeões olímpicos Matt Grevers e Dana Vollmer. Continuou treinando para manter a forma física e pediu a namorada Kayla Rae Reid em casamento. Em junho nasceu seu filho Caiden Zane. Restava apenas voltar a cair na água, que foi realizado neste fim de semana durante o US Open de East Meadow, em Nova York.

Lochte nadou os 200m medley e mostrou que o tempo parado não o fez desaprender. Venceu a prova com o tempo de 1min59s24, estabelecendo um novo recorde de campeonato. Além do triunfo chamou a atenção a reação do público que o aplaudiu bastante e suas palavras após a vitória , dizendo que vai treinar forte nos próximos três anos para poder estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. (Veja abaixo a prova dos 200m medley de Lochte)

Assim como Michael Phelps, que caiu em desgraça após o vício em álcool e conseguiu se recuperar para brilhar no Rio-2016, Lochte parte para dar a volta por cima como seu eterno rival e amigo. Espera pagar seus pecados com boas exibições dentro da piscina. Só o tempo dirá se vai conseguir conquistar novos títulos e medalhas, mas suas recentes atitude mostram que esta indo pelo caminho certo.

Por Guilherme Freitas

Deixe um comentário

To Top