0

Você não possui itens no carrinho de compras.

Voltar para a Home do Blog

Marcos Campos bate recorde da Travessia do Leme ao Pontal

O nadador Marcos Campos - Foto: LPSA/Reprodução

Foi um fim de semana intenso nas águas do Rio de Janeiro, mais precisamente entre as Praias do Leme e do Pontal. Estavam agendadas para este fim de semana nada mais, nada menos do que cinco tentativas de travessia. Três em revezamento e outras duas solo. Com um mar agitado e sem as condições ideais para a realização das provas a programação das mesmas teve que ser alterada. Isso prejudicou a dupla Samir Barel e Hélio Padilha que nadaria na madrugada de sexta-feira e sem datas para cair na água nesta janela só vão encarar o Leme ao Pontal ano que vem. Mas as demais aconteceram e registraram um novo recorde no desafio.

Com 7h34min04s Marcos Campos é o novo recordista da Travessia do Leme ao Pontal. Em 2008, quando inaugurou o percurso da prova, Luiz Lima nadou os 35 km em 8h25min00s. Desde então nenhum outro nadador havia conseguido superar o tempo do pioneiro. Hoje Marcos Campos conseguiu e superou a marca em quase 50 minutos. A tentativa de Marcos estava prevista para acontecer na madrugada de sábado, porém, com o mar agitado ela foi transferida para esta madrugada.

Vitor Gadelha e Samir Barel - Foto: LPSA/Reprodução

Vitor Gadelha e Samir Barel – Foto: LPSA/Reprodução

Com o mar em boas condições e uma temperatura agradável em 25ºC, Marcos realizou uma ótima prova, tendo um bom ciclo de braçadas e pernadas, dosando energia e mantendo sempre muita calma para conseguir completar a prova. E o novo recorde acabou sendo uma consequência disso. “Estou muito feliz e surpreso pelo tempo, quando o Samir me disse que havia batido o recorde nem acreditei. As condições do mar e do clima estavam ótimas, a água que era uma preocupação estava quente e isso me ajudou a manter a concentração apenas na travessia”, conta o nadador paulista.

Mas Marcos não esteve nadando só nesta segunda-feira. O amazonense Vitor Gadelha também caiu na água para fazer a sua tentativa e tornou-se o mais jovem nadador da história a completar o percurso de 35 km. Aos 19 anos, Gadelha concluiu a travessia em 8h43min45s e de quebra tornou-se o primeiro amazonense a nadar do Leme ao Pontal.

A equipe do Team RR no barco - Foto: Facebook/Reprodução

A equipe do Team RR no barco – Foto: Facebook/Reprodução

Na madrugada de domingo tivemos duas tentativas em revezamento. As equipes Team Maia 59 e Team RR, ambas de São Paulo, largaram juntas. O Team Maia, formado pelo quarteto Eduardo Gerim, Isabela Marques, Luiz Eduardo e Gisela Barbosa, concluiu a travessia em 7h13min e seus atletas utilizaram ao longo da prova trajes com neoprene. Já o Team RR foi um sexteto que teve os nadadores Arthur Ramalho, Andre Loureiro, Itamar Brancaleon, Alain Levy, Leila da Róz e Livia Salzano que sem utilizar roupas de neoprene concluíram o percurso em 8h33min24s. Durante a travessia da equipe o mar estava em boas condições e a água na casa dos 24ºC.

Por Guilherme Freitas

Deixe um comentário

To Top