A ascensão de Caio Pumputis

Nadador do Pinheiros venceu os 200m peito nesta sexta-feira (19) no Troféu Brasil-Maria Lenk 2019 e já é uma grande promessa para o futuro

20/04/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Caio Pumputis - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Caio Pumputis - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Caio Pumputis - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Caio Pumputis - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Caio Pumputis, nadador do Esporte Clube Pinheiros, está em plena ascensão. O jovem de 20 anos venceu nesta sexta-feira (19) a prova dos 200m peito, no Troféu Brasil-Maria Lenk com o melhor tempo de sua vida. Pela primeira vez abaixo de 2min10s, o nadador bateu na frente dos adversários com o tempo de 2min09s93. O objetivo agora é quebrar o recorde sul-americano que completa dez anos no mês que vem. A  marca pertence à Henrique Barbosa ainda na era dos trajes tecnológicos com 2min08s44.

E ainda nesta edição do Troféu Brasil ele nadou abaixo do um minuto nos 100m peito pela primeira vez na carreira. Foi uma prova muito forte, com Pumputis nadando de igual para igual com s já consagrados João Gomes Júnior, Felipe Lima e Felipe França. Ele nadou a prova em 59s72 terminando na quarta colocação e abaixo do índice exigido para o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju.

Natural de São Paulo, Pumputis vem se destacando a algum tempo nas provas de peito no Brasil e também nos Estados Unidos, onde treina e vive. Em março desse ano, na disputa da Conferência ACC masculina em Greensboro, na Carolina do Norte, ele quebrou o recorde das 100 jardas peito duas vezes: 52s49 nas eliminatórias e 52s07 na final, quando terminou em segundo lugar. O recorde dos 100 peito era de Henrique Barbosa de 2006 quando nadou para 52s52.

Caio Pumputis – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Nadando pela Georgia Tech, parte da Universidade da Georgia em Atlanta, ele entrou para a história da instituição ao se tornar o primeiro nadador da equipe a chegar a três finais da NCAA, o campeonato americano universitário. Na ocasião terminou em quarto lugar nos 200 peito (1m50s79), em sexto nos 100 peito (51s38) e nos 200 medley (1min41s04).

Pumputis é um nadador bastante versátil, já que além das provas de peito também nada as provas de medley. Ano passado disputou seu primeiro Campeonato Mundial de piscina curta em Hangzhou, terminando na quinta colocação os 200m medley e em oitavo lugar os 100m, alem da 14ª colocação nos 200m peito.

A expectativa por resultados ainda melhores é alta e o nadador está perto de conquistar sua vaga para os Jogos Pan-Americanos de Lima e o Mundial de Gwangju. Ainda neste Troféu Brasil-Maria Lenk Pumputis tem pela frente os 200m medley esta noite. Pela manhã foi o quinto mais veloz das eliminatórias e brigará por medalhas logo mais. As finais começam as 18h com transmissão da TV CBDA.

Tags

Caio Pumputis Gwangju-2019 Lima-2019 natacao Troféu Brasil Maria Lenk

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas