A dinâmica do ISL 2020

Veja aqui como será o regulamento e as datas da temporada 2020 do International Swim League

28/09/2020 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
International Swimming League - Foto: Divulgação/ISL
International Swim League - Foto: Reprodução

International Swim League - Foto: Reprodução

International Swimming League - Foto: Divulgação/ISL

No próximo dia 16 de outubro começa a segunda temporada do International Swim League. O evento, que será o único de nível internacional a ser disputado após o início da pandemia de COVID-19, terá algumas modificações em relação a temporada do ano passado e iremos explicar neste texto quais serão as principais alterações na dinâmica da competição.

Em 2019, ano de sua primeira temporada, o evento foi disputado em diferentes partes do mundo com disputas nos Estados Unidos, Itália, Hungria e Reino Unido. Desta vez devido a pandemia do COVID-19 e restrições de viagens só estão agendadas disputas na Hungria. No ano passado o evento teve oito clubes e apenas a primeira fase e a final. Esse ano o ISL ganhou duas novas equipes e adicionou a fase semifinal ao programa de atividades.

O ISL também lançou um rigoroso plano sanitário e vai concentrar todos os envolvidos em uma bolha na capital húngara (clique aqui para ver). As provas do programa continuam sendo as mesmas em piscina de 25 metros: 50m, 100m, 200m e 400m livre, 50m, 100m e 200m costas, 50m, 100m e 200m peito, 50m, 100m e 200m borboleta, 100m, 200m e 400m medley, 4x100m livre, 4x100m medley e 4x100m livre misto. Veja abaixo a dinâmica de disputas de cada fase do evento.

 

Dinâmica do ISL 2020 – Foto: Reprodução

Primeira fase
Entre os dias 16 de outubro e 15 de novembro acontecerá na Duna Arena, em Budapeste, a primeira fase do ISL 2020. Neste fase todas as equipes irão se enfrentar em duelos de dois dias. Como é possível ver na imagem acima, o match 1 vai reunir os times de Energy Standard, Cali Condors, NY Breakers e LA Current durante os dias 16 e 17 de outubro. Nos dias seguintes acontece o match 2 envolvendo mais quatro times e assim por diante até o último dia desta primeira fase. A cada rodada as equipes vão somando pontos até chegarmos aos oito melhores que avançarão para a fase semifinal. As duas piores equipes desta primeira fase são eliminadas.

 

A piscina da Duna Arena em Budapeste – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Fase semifinal
As semifinais vão reunir os oito times que mais somaram pontos na primeira fase. Serão duas semifinais, cada uma com quatro equipe se enfrentando. A primeira ocorre nos dias 19 e 20 de novembro e a segunda em 21 e 22 do mesmo mês. Devido a proximidade de datas e as restrições sanitárias devido ao COVID-19 a fase semifinal será disputada na mesma Duna Arena em Budapeste (foto acima).

 

O Energy Standard foi o campeão da temporada 2019 – Foto: Reprodução

Fase Final
Os dois melhores times de cada semifinal passam para a grande finalíssima que vai acontecer entre os dias 26 e 27 de dezembro. A dúvida esta no local de disputas. A organização do ISL pretende realizar a grande final em Tóquio, próxima sede dos Jogos Olímpicos no ano que vem. Porém, as rigorosas restrições de viagem ao país são um empecilho para a realização da disputa na capital japonesa. O ISL vem negociando com o governo japonês uma foram de tentar sediar sua final na cidade e ainda não foi revelado um plano B caso essa opção se torne inviável. Lembrando que ano passado a finalíssima do ISL aconteceu em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Tags

Budapeste International Swim League ISL natacao

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas