A evolução de Murilo Sartori

Abaixando seus tempos a cada ano, jovem nadador ficou a 49 centésimos de integrar o time do 4x200m livre no Mundial e Pan-Americano

17/04/2019 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Murilo Sartori - Foto: Marcos Nakashima
Murilo Sartori - Foto: Marcos Nakashima

Murilo Sartori - Foto: Marcos Nakashima

Murilo Sartori - Foto: Marcos Nakashima

A prova dos 200m livre definiu a equipe do revezamento do país para as disputas do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos e para os Jogos Pan-Americanos. Fernando Scheffer, Breno Correia, Luiz Altamir e João de Lucca serão os representantes do time nas duas competições. Uma equipe forte, competitiva e bastante experiente. E que por alguns centésimos poderia ter ainda um toque de juventude. Afinal, apenas 49 centésimos separaram Murilo Sartori da vaga.

Com o tempo de 1min47s75, o jovem nadador de 16 anos terminou em quinto lugar, superando mais uma vez seu recorde pessoal e estabelecendo uma nova marca nacional para a categoria júnior 1. Pela manhã nas eliminatórias, Sartori já havia melhorado bem seu recorde pessoal ao nadar para 1min48s01. O resultado ainda lhe garantiu uma vaga na equipe que disputará em agosto o Mundial Júnior em Budapeste. A noite ele fez uma estratégia diferente, passando em último para com uma volta arrebatadora crescer nos metros finais e finalizar em quinto lugar, quase meio segundo atrás de João de Lucca.

Murilo Sartori – Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA

Um resultado bastante expressivo, tendo em vista que foi o segundo melhor tempo do mundo estabelecido por um nadador menor de 18 anos. A sua frente no ranking mundial esta apenas o americano Luca Urlando de 17 anos que nadou em fevereiro para 1min47s63. Não bastasse os ótimos tempos registrados, chama atenção a evolução do jovem nadador da Natação Americana. Desde 2015, quando era infantil 1 Sartori vem melhorando seus resultados nos 200m livre de forma expressiva e sem dar chances para rivais da mesma categoria etária.

Em 2015 no Campeonato Brasileiro Infantil de Verão ele marcou 1min56s38. No ano seguinte também no Brasileiro Infantil de Verão, venceu o infantil 2 com 1min53s60. Em 2017, agora na categoria juvenil 1, nadou a distância para 1min51s24 no Brasileiro de Verão da categoria. E ano passado no Torneio Open foi ainda mais veloz a cravar 1min48s91. Até então era sua melhor marca pessoal nos 200m livre, superada pelas performances deste Troféu Brasil-Maria Lenk.

Murilo Sartori – Foto: Reprodução

As expectativas agora se voltam para os 400m livre, outra especialidade do nadador. Assim como nos 200m livre, ele vem debulhando recordes de categoria e segue evoluindo na prova de meio-fundo. Em 2015 (4min08s19) e 2016 (4min01s70), quando era infantil, ainda nadava acima dos 4 minutos. Porém, de 2017 pra cá Sartori vem abaixando cada vez mais seus tempos. No Brasileiro Juvenil de 2017 nadou para 3min59s23 e ano passado no Open fez sua melhor marca na distância: 3min52s06. Balizado com sexto tempo, existem chances dele melhorar mais seu tempo e quem saiba, conseguir uma vaga na final A.

Sartori é um dos grandes talentos da natação nacional que surgiram no últimos anos. Membro do Team Arena e com experiência nas seleções nacionais de base, deixou de ser uma promessa para se tornar uma realidade, com reais chances de ano que vem conseguir uma vaga no tão cobiçado revezamento 4x200m livre que disputará os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Tags

Campeonato Mundial Júnior CBDA Murilo Sartori natacao Troféu Brasil Maria Lenk

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas