A hegemonia paulista no Troféu Chico Piscina

07/10/2015

Facebook Twitter

Vencer um campeonato pela primeira vez requer muito empenho, treinamento e competência. Ser bicampeão costuma até ser comum para uma equipe que manteve uma base campeã ou para um atleta que manteve a rotina de treinamentos e a vontade de vencer. Ser tri é mais complicado, mas ainda costuma acontecer em várias modalidades. Vencer quatro seguidas uma competição é algo para poucos e também raro ao longo da história, assim como vencer cinco, seis, sete vezes sem ser superado pelos adversários. Longas hegemonias no esporte são coisas que não costumam acontecer com frequência.

São poucas equipes ou atletas que conseguiram vencer um mesmo evento mais de cinco vezes seguidas. Alguns exemplos são o América decacampeão mineiro de futebol, o Lyon que foi heptacampeão francês também no futebol, o Boston Celtic que ganhou oito vezes seguidas a NBA, Martina Navratilova que levantou a taça de campeã em Wimbledon por seis vezes consecutivas e Thiago Pereira campeão dos 400m medley no Troféu Maria Lenk/Troféu Brasil durante 13 edições seguidas. Agora imagine um domínio que já dura 14 anos e que pode chegar a 15.

É justamente esse o feito que a seleção paulista tentará atingir no próximo Troféu Chico Piscina, competição para atletas infantis e juvenis que começa amanhã na cidade de Mococa. Criada em 1968 por Francisco Quintino, o Chico Piscina inicialmente era disputado apenas por equipes que representavam as regiões do estado de São Paulo. A partir de 1988 a competição se tornou um evento nacional e em 1995 internacional. Desde que seleções estaduais passaram a nadar a competição nos anos 80 dois estados venceram a disputa: São Paulo e Rio de Janeiro.

 

São Paulo vence o Chico Piscina desde 2001 - Foto: Liliane Yoshino/FAP

São Paulo vence o Chico Piscina desde 2001 – Foto: Liliane Yoshino/FAP

 

Desde o bicampeonato do time fluminense em 1999/2000 a taça de campeão do Troféu Chico Piscina não sai da sede da Federação Aquática Paulista. A equipe paulista vence o torneio nacional ininterruptamente desde 2001, com 14 títulos conquistados de forma consecutiva. A hegemonia só não é igual no evento internacional, pois em 2004 a seleção da África do Sul venceu o torneio quebrando a sequência de vitórias paulistas. Para se ter idéia do domínio de São Paulo, os atletas infantis que nadarão esta edição do Chico Piscina nasceram entre 2001 e 2002. Ou seja, desde que eles nasceram apenas a equipe paulista vence o campeonato.

Este ano o Chico Piscina terá cinco nadadores que disputaram o Campeonato Mundial Júnior em Cingapura: Caio Pumputis, Maria Luiza Pessanha, Maria Paula Heitmann, Rafaela Raurich e Majda Chebaraka. Além do alto nível que é característico dessa competição as atenções também estarão nesta supremacia paulista. Será que São Paulo mantém sua hegemonia? Ou veremos um novo campeão nas águas de Mococa?

Por Guilherme Freitas

Tags

Federação Aquática Paulista hegemonia no esporte Mococa natacao seleção paulista Troféu Chico Piscina