A impressionante Katinka Hosszu

01/05/2017

Facebook Twitter

Katinka ganhou 11 medalhas na França. Foto: Giorgio Scala/Deepbluemedia

Quem acompanha natação já sabe do que Katinka Hosszu é capaz. Não existe hoje no mundo uma atleta mais versátil do que a dama de ferro. Sua capacidade de nadar (e muito bem) diversas provas em um mesmo evento é algo que impressionando. Neste fim de semana a húngara participou da etapa de Amiens do Golden Tour Camille Muffat, terceiro giro do circuito da Federação Francesa de Natação que leva o nome da campeã olímpica falecida em um acidente de helicóptero em 2015.

Em Amiens a dama de ferro deu mais uma mostra de porque ostenta este apelido. Katinka se inscreveu e nadou todas as provas do programa feminino. Foram 17 provas, que totalizaram 31 quedas n’água contando as eliminatórias (nos 800m e 1500m livre e 400m medley ela nadou apenas uma vez na série rápida). A missão de chegar a todas as finais foi quase perfeita. Apenas nos 50m peito ela não ficou entre as oito melhores, tendo que disputar a final B, que ganhou.

Katinka Hosszu nadará o EuroMeet e a Flanders Cup - Foto: AP Photo

Katinka Hosszu será a principal estrela da Hungria no Mundial de Budapeste – Foto: AP Photo

A dama de ferro deixou a piscina com 11 medalhas, sendo sete de ouro nos 50m, 100m e 200m costas, 400m, 800m e 1500m livre e 400m medley, duas pratas nos 200m livre e 200m borboleta e dois bronzes nos 100m peito e 200m medley. Esteve ainda em outras cinco finais: 50m e 100m livre, 50me 100m borboleta e 200m peito. O que mais chama a atenção é que em meio a diversas quedas n’água e muito pouco tempo para descanso entre uma série e outra ela ainda consegue tempos competitivos como nos 400m medley (4min36s19), dentro do top 10 do ranking mundial. Realmente um fenômeno.

O principal objetivo de Katinka este ano é o Campeonato Mundial de Budapeste. Ela estará em casa e já vem sendo tratada como a principal atração do evento pela organização local. A Federação Húngara divulgou recentemente que ela poderá nadar até 11 provas no Mundial devido a seu desempenho no Campeonato Húngaro, mas é bastante provável que ela abra mão de alguns eventos para se concentrar aonde tem mais chances de ganhar medalhas. A dama de ferro já aprendeu que nos grandes eventos deve-se competir apenas o ideal e necessário. Desse jeito chegará pronta para fazer história nadando em casa.

Por Guilherme Freitas

Tags

Golden Tour Katinka Hosszu natacao ranking mundial