Adherbal de Oliveira abandona Travessia do Canal do Norte

Após mais de sete horas nadando nas gélidas águas que separa a Irlanda do Norte da Escócia, nadador desiste da prova por questões de segurança

22/07/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter

A tentativa de Adherbal de Oliveira em atravessar a nado o Canal do Norte foi adiada. Após mais de sete horas nadando nas gélidas águas do Canal, o experiente nadador de ultramaratonas aquáticas foi forçado a abandonar a travessia por questões de segurança. Sentido os efeitos de hipotermia pelo corpo, Adherbal ficou a apenas 8 km de concluir o percurso total de 33,7 km que separam a Irlanda do Norte da Escócia.

Adherbal esta em busca de tornar-se o primeiro brasileiro a completar o Desafio dos 7 Mares, que consiste em atravessar a nado sete das mais difíceis provas de águas abertas do mundo: Canal da Mancha (Inglaterra/França), Canal de Catalina (Estados Unidos), Estreito de Gibraltar (Espanha/Marrocos), Canal do Norte (Irlanda do Norte/Escócia), Canal de Molokai (Estados Unidos), Estreito de Cook (Nova Zelândia) e Canal de Tsugaru (Japão). Com os êxitos no Canal da Mancha (2015), Canal de Catalina (2016) e Estreito de Gibraltar (2017), o Canal do Norte seria a quarto desafio do atleta.

O atleta chegou a Irlanda do Norte acompanhado de seu treinador Renato Ribeiro no início da semana passada. Durante todo esse período Adherbal realizou diferentes treinos no Canal para se adaptar as duras características do local, conhecido pela baixa temperatura da água, ventos gelados e presença de grandes jubas de leão. Autorizado a cair na água por volta das 5h da manhã deste domingo (madrugada no Brasil) na Marina de Donaghadee, na costa norte-irlandesa, ele encarou uma temperatura média da água de apenas 12° C e sem nenhum auxílio de traje de neoprene. Após mais de sete horas e 25 km nadados ele começou a sentir os efeitos da hipotermia e foi forçado a deixar a prova.

“Infelizmente dessa vez não deu. Fui vencido pelo Canal do Norte. Faltando 8 km para terminar a travessia eu e o meu técnico Renato Ribeiro tivemos que tomar uma dura decisão e após mais de sete horas na água tive que abandonar a prova. Comecei a ficar com a vista embaçada, ter dificuldade em compreender a direção da proa do barco e minha mão esquerda estava quase fechada, além de sentir um cansaço absurdo. Foi uma decisão extremamente difícil, mas agradeço a todos que me apoiaram, sofreram e torceram por mim”, escreveu o nadador em suas redes sociais.

Mas a desistência na tentativa de atravessar o Canal do Norte não desanima o experiente nadador que retornará ao Brasil nos próximos dias. Patrocinado pela Ítaca Esportes, Adherbal pretende manter seus treinamentos e planejamento visando concluir as próximas provas, além de retornar em breve ao Canal do Norte. Afinal, o sonho e objetivo de conquistar os sete mares continua firme forte.

Tags

Adherbal de Oliveira Águas abertas Canal do Norte Desafio dos 7 Mares Ítaca Esportes natacao

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas