Adrenalina na exótica Ilha do Mel

Ultramaratonas de 13 km e 23 km na paradisíaca ilha no sul do Brasil prometem um fim de semana recheado de emoção

04/04/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Vista da Ilha do Mel - Foto: Reprodução
Vista do Farol das Conchas na Ilha do Mel - Foto: Reprodução

Vista do Farol das Conchas na Ilha do Mel - Foto: Reprodução

Vista da Ilha do Mel - Foto: Reprodução

Mais uma ultramaratona aquática vai acontecer neste final de semana na costa brasileira. E esta é uma das provas mais radicais do país. No próximo sábado, dia 7 de abril, será realizada a 4ª edição da Ultramaratona da Ilha do Mel. Localizada na região de Paranaguá, a Ilha do Mel é considerada por muitos como  local que tem as melhores praias do Paraná. Seu estilo rústico, onde é proibida a circulação de automóveis e de vasta proteção ambiental, faz dela um lugar único.

Disputada pela primeira vez em 2015, esta ultramaratona tem provas em duas distâncias de 13 km e 23 km. E cada uma tem suas particularidades. A prova mais curta tem como característica um percurso difícil e de muita corrente contra. Os nadadores largam na Ponta Oeste em um dos extremos da ilha rumando para o ponto de chegada. Na metade da prova, na altura do km 6, os atletas começam a pegar muita correnteza que dificulta a fase final da ultramaratona.

Já a prova mais longa é dividida em quatro trechos. O primeiro vai da largada até o quilômetro 9 e é disputado em mar abrigado com corrente a favor e profundidade rasa. Do quilômetro 9 até o 15 o nadador continua em mar abrigado, mas começa a enfrentar pequenas ondulações. Do 15 até o 18 ele entra em mar aberto e pega um vento mais forte, que dependendo do horário, pode mudar a corrente . Já do quilômetro 18 até a chegada os atletas encaram as maiores ondulações da prova com muito ventos e corrente contra.

A prova na Ilha do Mel faz parte do Circuito Summit. Esta competição é organizada pela Correr e Nadar que é o principal circuito de provas do Paraná. Além de toda adrenalina que a prova proporciona, os atletas também têm oportunidade de visualizar as belezas naturais da ilha durante as braçadas. Já foi registrado em edições anteriores o aparecimento de golfinhos que habitam a região e passam a acompanhar os aletas durante parte da ultramaratona.

Em 2017 os campeões da prova principal, que teve 20 km, foram Artur Pedroza e Catarina Ganzeli. Já nos 10 km venceram Leonel Formiga e Marcela Garcia. A Ilha do Mel será novamente palco de eventos de águas abertas este mês, com a realização das provas Maratona Aquática do Farol (3 km, 2 km e 600m) e Aquathlon Fortaleza Ilha do Mel (1,5 km de natação e 5 km de corrida) no dia 22 de abril.

Tags

Águas abertas Correr e Nadar Ilha do Mel natacao ultramaratona aquática Ultramaratona da Ilha do Mel

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas