Ana Marcela Cunha e Fernando Ponte são os campeões brasileiros

20/11/2017

Facebook Twitter

Fernando Ponte e Ana Marcela Cunha, os campeões de 2017 – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Chegou ao fim em Salvador, a temporada 2017 do Campeonato Brasileiro de Águas Abertas. E as águas baianas da bela Praia de Inema coroaram mais uma vez sua filha mais célebre e também um jovem nadador que pela primeira vez na carreira chegou ao título nacional.

Entre as mulheres o título foi de ninguém menos do que de Ana Marcela Cunha. Nadando em casa a incansável atleta da Unisanta venceu a prova de 10 km na quinta-feira e os 5 km no sábado concluindo a temporada com 100% de aproveitamento. Ana Marcela venceu todas as seis etapas do Campeonato Brasileiro, um feito impressionante. O troféu de campeã nacional só coroa um ano perfeito que teve ainda três medalhas no Mundial de Budapeste (sendo um tricampeonato mundial nos 25 km), o vice-campeonato da Copa do Mundo da Fina e o prêmio de melhor do mundo que irá receber da Fina em dezembro.

Ana Marcela Cunha no momento de sua chegada na prova de 10 km - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Ana Marcela Cunha no momento de sua chegada na prova de 10 km – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

“Estou muito feliz de vencer não só a prova, mas o Circuito Brasileiro de Maratonas Aquáticas. O que mais gosto é de poder fazer esse Circuito no Brasil. A gente faz isso fora também, em Copa do Mundo e Mundial, mas é aqui que a gente vai melhorando e conquistando experiência. Estou feliz em vencer e agora nada de férias, ainda temos mais duas competições e logo depois devemos ter ainda o Rei e Rainha do Mar, que são disputas um pouco diferentes”, disse a nadadora ao site da CBDA após vencer em Inema e conquistar seu nono título brasileiro. O vice-campeonato nacional ficou com Viviane Jungblut, do Grêmio Náutico União, que havia sido campeã em 2016. A terceira melhor da temporada foi sua companheira de clube Betina Lorscheitter.

Na categoria masculina a competição teve um campeão inédito. Fernando Ponte não venceu nenhuma das duas provas em Inema, mas mesmo assim comemorou bastante seu primeiro título nacional. Com o 3º lugar nos 10 km e  nos 5 km o gaúcho somou pontos suficientes para vencer a competição e celebrar o melhor ano de sua carreira. “Encerro o ano no Campeonato Brasileira em uma prova muito bem organizada, em um paraíso, e foi bom conseguir dois terceiros lugar nos 5km e 10km. Estou encerrando o ano com chave de ouro com o título do campeonato, era um dos meus objetivos para este ano. Fico feliz por conseguir, foi difícil, são todas provas muito duras e consegui um bom resultado”, disse o nadador do GNU que no Mundial de Budapeste igualou o melhor resultado da história da natação masculina em águas abertas com o 5º lugar nos 5 km.

Fernando Ponte ganhou um título inédito - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Fernando Ponte ganhou um título inédito – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

As duas provas em Inema foram vencidas por Allan do Carmo. O nadador da ACEB nadou de forma segura e não teve dificuldades para triunfar novamente nas águas de Inema. Tetracampeão do circuito em 2007, 2009, 2011 e 2014, Allan terminou este ano na terceira colocação geral. O vice-campeonato ficou com Victor Colonese da Unisanta. Na pontuação de clubes o Grêmio Náutico União foi o campeão da temporada com 1.169 pontos.

A Praia de Inema também foi o palco de decisão da Copa Brasil de águas abertas, a versão para atletas amadores da CBDA e que teve seis etapas de 5 km ao longo da temporada. Na Bahia dois atletas locais triunfaram. Marcia Santos, do Yacht Clube, venceu no feminino e o jovem Ricardo Castro, da ACEB e de apenas 15 anos, foi o mais rápido entre os homens. Na pontuação por equipes o Círculo Militar foi o vencedor tendo somado 632 pontos.

Equipe do Círculo Militar, campeã da Copa Brasil 2017 - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Equipe do Círculo Militar, campeã da Copa Brasil 2017 – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Por Guilherme Freitas

Tags

Águas abertas Ana Marcela Cunha CBDA Círculo Militar Copa Brasil Fernando Ponte Grêmio Náutico União natacao