Arena adquire a marca Diana

Uma das aquisições mais ousadas na história da natação internacional; Mark Spitz retorna como embaixador da marca

20/09/2019 - Patrick Winkler

Facebook Twitter
Logo da Arena - Foto: Reprodução

Logo da Arena - Foto: Reprodução

A Arena Internacional anunciou esta semana que adquiriu os direitos globais da Diana, tradicional marca esportiva italiana especializada em esportes aquáticos. No acordo, que não teve valores revelados, foi reforçado a força e popularidade que a Diana apresenta no mercado esportivo.

Fundada em 1947 na cidade italiana de Merato, a Diana recebeu este nome em homenagem a deusa grega da caça. A partir da década de 1950 a empresa passou a se especializar na produção de trajes e acessórios de natação tornando-se uma das grandes marcas do mercado mundial.

Na década de 2000 lançou o revolucionário traje Submarine que foi um dos grandes sucessos do início deste século. A Diana também patrocinou ao longo da história diversas federações internacionais e nadadores, como o bicampeão mundial dos 100m livre Filippo Magnini. A marca esportiva, além da natação de piscina e em águas abertas, sempre atuou no polo aquático.

“O alinhamento da filosofia e ética da Arena com os da Diana fazem com que essa aquisição seja uma escolha natural. A Diana tem alcance e reputação em todo o mundo e em toda a comunidade de natação. Acreditamos que há um grande potencial para ser desenvolvido e que seu legado e DNA se adaptam muito bem aos objetivos estratégicos de médio e longo prazo da Arena. Vemos ainda oportunidades interessantes com Diana, tanto na expansão de nosso portfólio de produtos quanto na expansão geográfica em novos países e regiões, como a Ásia”, afirma a nota conjunta assinado pelos CEOs da Arena Giuseppe Musciacchio e Luca Selvatici.

Além desse anúncio, a Arena surpreendeu ao anunciar o retorno de Mark Spitz para o cargo de embaixador mundial da marca.

Um pouco mais sobre a relação entre Arena & Mark Spitz

A Arena nasceu com a estrutura da marca Adidas. A iniciativa de lançar uma marca esportiva especializada em natação estava diretamente ligada ao sucesso que Mark Spitz trazia a modalidade. Ao término dos Jogos Olímpicos de Munique-1972, o atleta era considerado melhor nadador de todos os tempos e o atleta, entre todas as modalidades olímpicas, que mais havia conquistado medalhas de ouro em uma única edição de Jogos: sete.

Seu feito só veio a ser superado 36 anos mais tarde, com a magnífica performance de Michael Phelps no Jogos Olímpicos de Pequim-2008, onde conquistou oito medalhas de ouro. Hoje Spitz é considerado o segundo melhor nadador de todos os tempos, atrás apenas de Phelps.

Tags

Arena Diana Mark Spitz mercado esportivo natacao

Patrick Winkler

Editor-chefe da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas