Madeline Groves

Madeline Groves - Foto: Reprodução
Madeline Groves - Foto: Steve Christo/Swimming Australia

Madeline Groves - Foto: Steve Christo/Swimming Australia

Madeline Groves - Foto: Reprodução

Nascimento: 25/05/1995

Altura: 1,79m

Peso: 66 kg

País: Austrália

Nascida em Brisbane, Madeline Groves começou a nadar ainda bebê e praticamente nunca deixou a piscina. Na infância era um talento precoce e aos 12 anos já era destaque na natação de base australiana. Devido sua capacidade física e gostar de treinar ganhou o apelido de Mag Dog e Machine Gun pelo seu técnico, o famoso Michael Bohl. Era nadadora de medley, mas quando chegou a nível profissional optou por focar suas atenções para o nado borboleta.

Madeline fez sua estreia na seleção principal australiana em 2014 quando disputou os Jogos da Commonwealth em Glasgow. Na competição integrou como reserva os revezamentos 4x100m livre e 4x200m livre campeões do evento e ainda ganhou um bronze nos 200m borboleta. Porém, ela não conseguiu se classificar para o Campeonato Pan-Pacífico que aconteceria em seu país, em Gold Coast.

No ano seguinte nadou seu primeiro Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos em Kazan. Porém, não conseguiu chegar as finais, parando nas semis dos 100m e 200m borboleta. Nos 200m ficou a apenas 31 centésimos de chegar a final terminando em um frustrante nono lugar. Mais uma vez como reserva do revezamento, agora com o 4x100m medley, foi ao pódio na terceira colocação.

Em 2016 foi um dos destaques do Campeonato Australiano que definiu o time olímpico para os Jogos do Rio e conseguiu vaga para sua primeira Olimpíada. Sua primeira prova não foi nada boa, terminando em uma decepcionante 17ª colocação apenas dois míseros centésimos atrás da brasileira Daynara de Paula e da japonesa Natsumi Hoshi que empataram em 15º lugar.

Tirou forças da derrota e deu a volta por cima nos 200m borboleta, passando para a final com o melhor tempo e perdendo a medalha de ouro para a espanhola Mireia Belmonte por apenas três centésimos: 2min04s85 contra 2min04s88. De qualquer forma celebrou muito a medalha de prata. No último dia dos Jogos nadou as eliminatórias do revezamento australiano 4x100m medley que sagrou-se vice-campeão olímpico.

No ciclo olímpico seguinte oscilou muitos os resultados. Após o Rio realizou uma cirurgia e perdeu três teses de antidoping sendo suspensa e perdendo o Mundial de Budapeste-2017. Voltou ao Pan-Pacífico de Tóquio em 2018 quando integrou o revezamento 4x200m livre campeão, mas não conseguiu se classificar para o Mundial de Gwangju-2019. Agora tenta mais uma vez dar a volta por cima de olho nos Jogos de Tóquio.

 

Resultados

Medalha Prova Estilo Tempo Local Data  
200m

10/08/2016

borboleta

Rio de Janeiro, Brasil

2:04.88
Rio de Janeiro, Brasil 10/08/2016
4x100m

13/08/2016

medley

Rio de Janeiro, Brasil

3:55.00
Rio de Janeiro, Brasil 13/08/2016
Medalha Prova Estilo Tempo Local Data  
4x100m

09/08/2015

medley

Kazan, Rússia

3:55.56
Kazan, Rússia 09/08/2015
Medalha Prova Estilo Tempo Local Data  
4x200m

10/08/2018

livre

Tóquio, Japão

7:44.12
CR OC
Tóquio, Japão 10/08/2018 CR OC
Medalha Prova Estilo Tempo Local Data  
4x100m

24/07/2014

livre

Glasgow, Escócia

3:30.98
WR CR
Glasgow, Escócia 24/07/2014 WR CR
4x200m

26/07/2014

livre

Glasgow, Escócia

7:49.90
CR
Glasgow, Escócia 26/07/2014 CR
200m

28/07/2014

borboleta

Glasgow, Escócia

2:08.44
Glasgow, Escócia 28/07/2014
100m

06/04/2018

borboleta

Gold Coast, Austrália

57.19
Gold Coast, Austrália 06/04/2018