Batalha acirrada pela liderança da Copa do Mundo

02/10/2017

Facebook Twitter

Sarah Sjoström é a líder da Copa do Mundo – Foto: SIPA USA

Hong Kong sediou no último fim de semana a 4ª etapa da Copa do Mundo de piscina curta da Fina em 2017. Foi a primeira etapa do circuito após as mudanças nos valores de premiação que tiveram um aumento de mais de 200 mil dólares. Dentro d’água dois nomes se destacaram com performances expressivas: Katinka Hosszu e Sarah Sjoström. As duas nadadoras não tomaram conhecimento da concorrência e seguem na batalha para ver quem terminará o ano com a coroa de campeã da Copa do Mundo.

A Dama de Ferro, que antes da Copa do Mundo começar reclamou dos limites de eventos a serem disputadas em uma só etapa, deixou a piscina do Victoria Park Swimming Pool com seis vitórias em seis provas. A húngara venceu os 100m, 200m e 400m medley, 50m, 100m e 200m costas. Sua melhor apresentação foi nos 100m medley onde nadou para 56s97 e ficou a apenas 46 centésimos de seu recorde mundial. Já Sarah foi novamente imbatível nas provas de velocidade conquistando também outras seis medalhas, sendo cinco de ouro: 50m, 100m e 200m livre, 50m e 100m borboleta. Nos 100m medley, onde duelou com Katinka, acabou com a medalha de prata.

Katinka segue na caça de Sarah Sjoström - Foto: Kovács Tamás

Katinka segue na caça de Sarah Sjoström – Foto: Kovács Tamás

Ao fim de quatro etapas disputadas, Sarah segue na liderança da Copa do Mundo com 353 pontos conquistados. Atual pentacampeã do circuito mundial de piscina curta, Katinka segue a caça de sua principal adversária e já aprece logo atrás com 272 pontos. Restam mais quatro etapas e será muito difícil que o título não fique com uma das duas atletas. A sueca esta em boa fase e sabe que a coroa da Copa do Mundo lhe credenciará ainda mais para ser eleita no final da temporada como a melhor nadadora do mundo em 2017. Já Katinka luta para manter sua hegemonia no torneio que dominou nos últimos cinco anos.

Entre os homens a disputa esta mais devagar. Não tivemos ainda nenhum recorde mundial masculino (no feminino já foram cinco) e a liderança do circuito continua com Chad Le Clos. Campeão em 2011, 2013 e 2014, o sul-africano já soma 234 pontos nas quatro primeiras etapas e tem uma vantagem confortável para o vice-líder Tom Shields com 147 pontos. A etapa de Hong Kong também marcou a estreia do Brasil este ano no circuito. Nelson Silva nadou quatro provas e conquistou a medalha de bronze nos 50m costas com o tempo de 23s76. A Copa do Mundo segue com a etapa de Doha nas próximas quarta e quinta-feira. Para conferir os resultados completos da etapa de Hong Kong, clique aqui.

Por Guilherme Freitas

Tags

Águas abertas Copa do Mundo Fina Hong Kong Katinka Hosszu natacao Sarah Sjostrom