Betina Lorscheitter é o destaque da 2ª etapa do Campeonato Brasileiro

Nadadora do Grêmio Náutico União venceu as duas provas no fim de semana e assume a liderança na classificação do campeonato

25/03/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress
Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress

A Praia da Cocanha em Caraguatatub, no litoral norte de São Paulo, foi palco da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, principal circuito de águas abertas da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). E quem brilhou foi a nadadora gaúcha Betina Lorscheitter que triunfou nas duas provas da etapa. Na sexta-feira ela venceu os 10 km e no domingo faturou os 5 km. Com esses resultados Betina assumiu também a liderança do campeonato.

Nos 10 km Betina não teve maiores dificuldades para conquistar a vitória. Favorita entre as participantes, a nadadora do Grêmio Náutico União fez uma prova segura em 2h01min49s, sendo quase dois minutos mais rápida que a vice-campeã Mariana Vignoli, também do GNU, com 2h03min17s. Rafaela Souza do Espéria completou o pódio em terceiro lugar com 2h07smin41s.

Já nos 5 km a vitória foi ainda mais tranquila com 59min49s. Nesta prova Betina nadou a primeira volta junto ao pelotão masculino e na segunda apenas administrou a boa vantagem. O pódio foi 100% GNU com Marina Amorim levando a prata com 1h02min35s e Cibelle Jungblut, irmã de Viviane Jungblut, o bronze com 1h04min29s.

Nas provas masculinas tivemos dois campeões diferentes. Nos 10 km a vitória ficou com uma surpresa: Alexandre Finco. O nadador do Grêmio Náutico União não estava entre os favoritos, mas conseguiu na última braçada uma suada vitória no Campeonato Brasileiro, a primeira da carreira. Finco chegou apenas 44 centésimos a frente de Bruce Hanson Almeida: 1h54min25s2 contra 1h54min25s6 do corintiano e irmão de Brandonn Almeida. Victor Colonese terminou na terceira colocação com 1h54min26s0.

Nos 5 km o campeão foi Colonese. Após o bronze na sexta-feira o nadador da Unisanta adotou uma estratégia mais agressiva e sagrou-se campeão com o tempo de 56min51s. Atrás dele veio a dupla do Grêmio Náutico Luiz Gustavo Barros com a prata e Matheus Evangelista com o bronze com 56min55s e 56min57s respectivamente. Com os resultados destas duas etapas, Betina Lorscheitter assumiu a liderança o campeonato feminino com 151 pontos e Colonese agora é o líder no masculino com 125 pontos.

Além do Brasileiro foram realizados no mesmo fim de semana outros dois eventos: a primeira prova de ultramaratona aquática do calendário da CBDA e a 2ª etapa da Copa Brasil. Apenas cinco nadadores disputaram o circuito de 25 km da ultramaratona: Artur Pedroza, Atila Brandão, Arthur Rizzo, Tiago Sato e Catarina Ganzeli, a única mulher a encarar o desafio. O circuito foi o mesmo utilizado nas provas do Campeonato Brasileiro e da Copa Brasil e os nadadores tiveram que completar dez voltas. Por fim, vitória de Artur Pedroza com 5h27min41s e Catarina com 5h38min33s.

A Copa Brasil teve duas distâncias de 2,5 km e 5 km. No maior percurso os campeões foram Bruno Yamamoto do Círculo Militar com 1h01min17s0 e Giovanna Araújo do Santa Maria com 1h09min07s0. Já nos 2,5 km as vitórias foram de Thomas Thisted do Círculo Militar com 35min54s0 e Anna Julia Hatsbach do Curitibano com 36min01s0.

Tags

Águas abertas Alexandre Finco Betina Lorscheitter CBDA natacao Victor Colonese

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas