Betina Lorscheitter nada a primeira etapa do III Circuito VIVA RS

Atleta da seleção brasileira nadará a prova de 4 km no dia 16 de setembro na cidade gaúcha de Arambaré

31/08/2018 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Betina Lorscheitter - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Betina Lorscheitter, atleta do Grêmio Náutico União e da seleção brasileira de águas abertas, nada no dia 16 de setembro a prova de 4 km da primeira etapa do III Circuito “VIVA RS”, organizado pelo Mais Travessias. A prova será realizada na cidade de Arambaré, a 150 km de Porto Alegre. As inscrições terminam no dia 6 de setembro e podem ser feitas na SWIM CHANNEL clicando aqui.

Betina foi campeã do Circuito “VIVA RS” no ano passado e esta temporada nada a primeira etapa do evento com o intuito de se preparar para as próximas etapas do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, competição onde está em primeiro lugar no ranking geral, tanto na prova de 10 km como na de 5 km.

“Minha expectativa é aproveitar ao máximo essa prova aqui na “minha casa”. Nadar forte e vencer, mas também me divertir com a galera que participa do evento, que me conhece desde pequena nadando e torce por mim. Vai ser importante porque eu não faço muitos treinos em águas abertas, só em piscina, e utilizo essa provas como preparação para as minhas competições importantes como os campeonatos nacionais e internacionais”, disse a nadadora de 28 anos.

Para continuar a reforçar a tradição dos gaúchos em águas abertas, o Circuito tem como objetivo ajudar a fomentar as competições desse tipo no sul do país. As categorias que tem nomes de lagoas, cidades e rios do estado do Rio Grande do Sul, ajudam nessa missão. Os gaúchos tem enorme tradição nas águas abertas com vários nomes  vencendo os campeonatos nacionais e representando o Brasil em Mundiais da modalidade. No último campeonato mundial de águas abertas em Budapeste a equipe brasileira teve três gaúchos dos seis atletas na competição.”Me senti muito honrada em estar lá representando essas duas bandeiras: Brasil e Rio Grande do Sul”, comenta Betina.

A temporada 2018/19 será composta por quatro etapas e terminará em abril do próximo ano em Cidreira (a 100 km da capital). A segunda etapa será realizada em dezembro, em Viamão (a 45 km de Porto Alegre) e contará com as provas de Nova Geração, com distâncias variando de 200 a 300 metros, e Iniciantes, de 500m a 1 km. A terceira etapa será no dia 10 de março de 2019 na cidade de São Lourenço do Sul (a 200 km de Porto Alegre).

Nesta primeira etapa serão oferecidas duas provas: a Clássica de 2 km e o Desafio de 4 km. Para participar das travessias os atletas devem ter nadado no mínimo a mesma distância, ou ter um atestado de um técnico dizendo que estão aptos a nadar.

Os três primeiros de cada categoria receberão medalhas especiais, além de troféus para a categoria elite (cinco primeiros colocados gerais). O valor da inscrição da primeira etapa é de R$ 110,00 e os atletas têm a opção também de se inscreverem no combo das quatro etapas pelo valor de R$370,00.

Veja o regulamento da competição AQUI. Para saber detalhes sobre as provas acesse o site maistravessias.com.br. A competição também conta com páginas no Facebook, Instagram e do Twitter.

Tags

Águas abertas Betina Lorcheitter Circuito Mais Travessias natacao Rio Grande do Sul

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas