Brasil chega à sexta medalha em Mundiais nos 50m livre

Com a prata de Bruno Fratus em Gwangju, país soma agora sete finais consecutivas e seis medalhas em Campeonatos Mundiais de longa

27/07/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Bruno Fratus - Foto: Satiro Sodré
Bruno Fratus - Foto:  Satiro Sodré

Bruno Fratus - Foto: Satiro Sodré

Bruno Fratus - Foto: Satiro Sodré

Bruno Fratus conquistou, na manhã deste sábado (27), a medalha de prata nos 50m livre no Campeonato Mundial de Gwangju, que termina amanhã na Coreia do Sul. Com o resultado, Fratus trouxe para o Brasil a sexta medalha do país na prova mais rápida da natação em Campeonatos Mundiais de piscina longa.

Após empatar com o grego Kristian Gkolomeev com o tempo de 21s45, Fratus repetiu o resultado de Budapeste-2017 conquistando o vice-campeonato mundial na prova. A primeira colocação ficou com o americano Caeleb Dressel, que bateu na frente com 21s04 e estabeleceu uma nova marca de campeonato.

Fratus tem agora quatro medalhas em Campeonatos Mundias de longa, sendo o segundo maior medalhista do Brasil. O nadador  ainda um bronze também nos 50m livre em Kazan-2015 e uma prata com o revezamento 4x100m livre no Mundial passado em Budapeste. O velocista ainda esteve na final dos 50m livre em Xangai-2011 quando terminou na quinta colocação.

Com esta medalha o Brasil soma agora seis ao todo na prova mais rápida da natação: as três de Fratus (as duas pratas e um bronze) e aos três ouros do trimundial de Cesar Cielo em Roma-2009, Xangai-2011 e Barcelona-2013.

Os 50m livre já é uma prova tradicional para os brasileiros. Desde os anos 90 com Gustavo Borges e Fernando Scherer, o Xuxa, o país se coloca entre os primeiros colocados na prova. No Campeonato Mundial de Roma-1994, Borges terminou a distância em quarto com 22s64 na prova ficando 12 centésimo do pódio. Já no Mundial de Perth-1998 Xuxa terminou em oitavo lugar com 22s84.

Depois, o país voltaria a fazer uma final de Mundial de longa com Cesar Cielo, que terminou em sexto lugar em Melbourne-2007. Cielo voltaria nos próximos mundiais para conquistar o tricampeonato na prova e de lá para cá são sete finais consecutivas do Brasil nos 50m livre com seis vezes subindo ao pódio.

Em Gwangju, as eliminatórias do último dia começam neste sábado (27) às 22h. As finais do último dia começam às 8h da manhã (horário de Brasília), com transmissão do Sportv. Clique aqui para conferir os resultados completos do sétimo dia de finais.

Tags

50m livre Bruno Fratus Campeonato Mundial de Esportes Aquático Cesar Cielo Fernando Scherer Gustavo Borges Gwangju-2019 natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas