Brasil conquista 15 medalhas no Troféu Sette Colli

Entre os resultados está o recorde sul-americano de Guilherme Costa nos 800m livre

02/07/2018 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Etiene venceu os 50m costas - Foto: Reprodução

Etiene venceu os 50m costas - Foto: Reprodução

A bela piscina do Foro Itálico em Roma, Itália foi palco de mais um Troféu Sette Colli. A competição, que terminou no último domingo (01), contou com grandes nomes da natação mundial e teve resultados expressivos, como o recorde mundial de Andriy Govorov e o recorde sul-americano de Guilherme Costa.

A seleção brasileira que irá ao Pan-Pacífico de agosto estava toda presente, assim como o time principal do SESI-SP e alguns nadadores do Pinheiros. Os brasileiros mostraram bons resultados nos três dias de competição, saindo de Roma com 15 medalhas, sendo quatro de ouro, oito de prata e três medalhas de bronze.

Etiene Medeiros retornou as competições internacionais vencendo os 50m costas com o tempo de  27s87. Luiz Altamir fez seu melhor tempo nas duas provas que venceu: os 200m borboleta (1min55s83) e os 200m livre, onde empatou na primeira posição junto com Fernando Scheffer com o tempo de 1min46s84.

Entre as medalhas de prata está a de Guilherme Costa, que bateu o recorde sul-americano dos 800m livre. Com o tempo de 7min50s92 o “Cachorrão” superou sua marca continental. Na prova ele nadou ao lado do campeão olímpico Gregorio Paltrinieri que apertou no final e venceu com 7min46s33. Nos 1500m livre Guilherme levou a medalha de bronze com o tempo de 15min07s33.

Bruno Fratus saiu da competição com duas medalhas de prata, uma nos 50m livre com 21s77 (prova vencida por Ben Proud com um grande tempo de 21s16)  e a outra nos 100m livre masculino (48s58). Nessa mesma prova Pedro Spajari foi bronze com 48s72.

João Luiz Gomes Jr. ficou com a prata nos 50m peito (27s00), em prova vencida por Adam Peaty com novo recorde de campeonato: 26s41. As outras pratas foram de Brandonn Almeida nos 400 m medley (4min15s51), Gabriel Fantoni nos 100m costas (54s49) e nos 50m costas (24s95) e Manuella Lyrio nos 200m livre feminino (1min57s99), além do bronze de Larissa Oliveira na mesma prova com 1min58s55.

Nos resultados internacionais, vale o destaque para o recorde mundial dos 50 metros borboleta. O ucraniano Andriy Govorov completou a distância em 22s27 e quebrou o recorde que datava de 5 de abril de 2009 de Rafael Muñoz que era de 22s43. O dono do novo recorde é treinado pelo técnico brasileiro Arilson Silva (leia mais sobre o recorde aqui).

O próximo desafio da seleção brasileira de natação será o Open da França, que será realizado nos dias 7 e 8 de julho, em Paris.

Tags

Andriy Govorov Etiene Medeiros Guilherme Costa natacao Troféu Sette Colli

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas