Brasil é campeão nos Jogos Sul-Americanos do ODESUR

Com 31 medalhas o país deixou a competição em Cochabamba na liderança do ranking

01/06/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter

Como esperado o Brasil terminou os Jogos Sul-Americanos do ODESUR como o grande campeão nas provas de natação. Ao todos os jovens nadadores brasileiros conquistaram 31 medalhas em Cochabamba: 17 de ouro, nove de prata e cinco de bronze. Uma campanha importante para a maioria dos convocados que pela primeira vez disputava um evento pela seleção brasileira principal.

Entre os destaques individuais Gabrielle Roncatto foi quem mais subiu ao pódio na competição. Única atleta olímpica do grupo que foi a Bolívia, a nadadora da Unisanta conquistou cinco medalhas, sendo quatro de ouro (200m e 400m medley, 200m livre e 4x200m livre) e mais uma de prata (400m medley). Porém, a maior medalhista da natação foi a colombiana Isabella Arcila Hurtado que conquistou seis medalhas, sendo três delas de ouro.

Entre os homens o brasileiro mais medalhado foi Breno Correa que conquistou quatro medalhas sendo duas vitórias nos 100m livre e com o time do 4x200m livre e mais dois vices nos revezamentos 4x100m livre e 4x100m medley Porém, foi Kauê Carvalho o maior campeã do Brasil na competição com três títulos nos 100m e 200m borboleta e com 4x200m livre.

Nos 10 km da maratona aquática, disputada na Represa La Angostura, a dupla Mariana Vignoli e Henrique Figueirinha representou o país, mas não conseguiram subir ao pódio. Mariana foi desclassificada e Henrique terminou em quarto lugar. O ouro foi para o Equador nas duas provas com Samatha Arévalos e Esteban Enderica. Devido a baixa temperatura da água, oscilando entre 17º e 18º C, os nadadores puderam utilizar wetsuits de neoprene. Confira aqui todos os resultados da natação dos Jogos do ODESUR.

Tags

Águas abertas Cochabamba-2018 Gabrielle Roncatto Jogos Sul-Americanos do ODESUR natacao

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas