Brasil em mais sete finais nos Jogos Pan-Americanos

País tem grandes chances de dobradinhas e mais ouros na noite desta quinta-feira, terceiro dia de finais da competição em Lima

08/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Larissa Oliveira - Foto: Alexandre Loureiro/COB
Larissa Oliveira - Foto: Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

Larissa Oliveira - Foto: Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

Larissa Oliveira - Foto: Alexandre Loureiro/COB

O terceiro dia de eliminatórias da natação nos Jogos Pan-Americanos, que está sendo realizado no Complexo da Villa Deportiva Nacional (Videna) em Lima, no Peru, foi realizado na manhã desta quinta-feira.

Nos 100m livre, primeira prova da manhã, duas brasileiras se classificaram para as finais. A medalhista de bronze nos 200m livre Larissa Oliveira foi a quarta melhor das eliminatórias com o tempo de 56s02 e Daynara de Paula veio em seguida, na sexta colocação com 56s65. A americana Margo Geer foi a única a nadar abaixo dos 55s e se classificou em primeiro para a final 54s65. O recorde sul-americano é de Larissa: 54s03 feitos em 2016.

Larissa Oliveira – Foto: Alexandre Loureiro/COB

Na prova masculina mais dois atletas passaram para a final e o Brasil tem grande chance de colocar os dois no pódio. Ambos seguraram se poupando para a final de logo mais. Marcelo Chierighini fez 49s02, sendo o segundo melhor tempo para as finais. Já Breno Correia, medalha de prata ontem nos 200m livre, passou para a final com o quinto melhor tempo de 49s24.

O americano Michael Chadwick foi o mais rápido das eliminatórias com 48s94, o único abaixo dos 49 segundos. O campeão olímpico Nathan Adrian também passou para a final com o sexto melhor tempo: 49s54. No Pan de Toronto-2015, Chierighini foi medalhista de bronze.

Marcelo Chierighinil – Foto: Alexandre Loureiro/COB

Nos 200m peito feminino nenhuma brasileira passou para a final A. Pamela Alencar ficou na décima colocação com 2min32s11 e Bruna Leme foi a 13ª colocada com 2min35s20. O melhor tempo foi da americana Anne Lazor com 2min26s71. A argentina Julia Sebastian, recordista sul-americana da prova, fez 2min29s27 e vai para a final com o quinto melhor tempo. Já na prova masculina Caio Pumputis também não avançou e foi apenas o 11º colocado com 2min14s77.

Nos 100m costas feminino, a recordista sul-americana Etiene Medeiros fez 1min02s85 e vai para a final com o sétimo tempo. “São quatro anos depois do recorde, a gente sabe o quanto é diferente uma competição da outra. Eu acho que nadar classificando para a final é importante. A gente sabe que é outra prova, temos que focar na recuperação para poder fazer uma boa final”, contou Etiene.

Fernanda Goeij, outra brasileira na prova fez novamente sua melhor marca pessoal neste Pan. A nadadora terminou com o quarto melhor tempo para as finais, com 1min01s63. “Eu  gostei muito do tempo, embora não tenha me preparado tanto para esta prova. Com certeza o recorde de ontem me deixou mais confiante, agora para final é tentar baixar ainda mais o tempo”, comentou.

Fernanda Goeij – Foto: Alexandre Loureiro/COB

Nos 100 metros costas masculino, Guilherme Guido medalhista da prova em 2011 (bronze) e 2015 (prata), passou controlado e fez o segundo tempo para a final com 54s52. O americano Daniel Carr, ouro nos 200m costas, foi o primeiro com 53s97. “A estratégia da manhã era fazer a passagem dos 50 metros forte aí segurar um pouco na volta. Voltei 29s0, é uma volta bem controlada e a noite voltar com 27s30 , que daria 52s alto, ou 53s baixo que é o objetivo”, disse Guido.

Nos 800m livre feminino e masculino acontece em duas séries. Na manhã com os tempos mais fracos e a noite com os oito tempos mais fortes. Pela manhã a colombiana Maria Alvarez com 8min59s94 e o venezuelano Rafael Davila com 8min05s43 foram os mais velozes.

A noite nadam pelo Brasil Viviane Jungblut e Ana Marcela Cunha em busca do primeiro pódio do país nesta distância. No masculino, será a primeira edição desta prova no programa dos Jogos. Teremos Diogo Villarinho e Miguel Valente na prova.

Guilherme Guido – Foto: Satiro Sodré

O revezamento 4×100m medley misto do Brasil se classificou com o segundo melhor tempo, atrás dos Estados Unidos para a final. Assim como na prova do 4x100m livre misto as duas equipes devem monopolizar a disputa pelo ouro. Pela manhã nadaram Leonardo de Deus, Jhennifer Alves, Vinicius Lanza e Manuella Lyrio que marcaram 3min52s42.

O time da noite será diferente e provavelmente todos que nadaram na eliminatória serão trocados. Esse revezamento é mais uma das novidades do programa dos Jogos Pan-Americanos. As finais terão início a partir das 22h30 com transmissão da Record TV e Sportv.

Tags

Breno Correia Daynara de Paula Etiene Medeiros Guilherme Guido Jogos Pan-Americanos Larissa Oliveira Lima-2019 Marcelo Chierighini natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas