Brasil em seis finais no último dia de Pan

País estará nas seis finais da noite no Peru; destaque para os 1.500m livre masculino e os revezamentos 4x100 m medley

10/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Marcelo Chierighini - Foto: Washington Alves/COB
Guilherme Costa - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Guilherme Costa - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Marcelo Chierighini - Foto: Washington Alves/COB

No quinto e último dia de eliminatórias da natação nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, realizadas neste sábado,  o Brasil se classificou para quatro finais. A noite o país estará presente em seis provas, incluindo os 1500m livre feminino e masculino, que não tiveram eliminatórias.

A primeira prova feminina, foi a série mais fraca dos 1500m livre que teve a mexicana na Regina Caracas com o melhor tempo de 17min02s06. Pela noite, teremos a final com os tempos mais fortes com a presença das brasileiras Viviane Jungblut e Ana Marcela Cunha. A prova contará também com a argentina recordista sul-americana Delfina Pignatiello, principal favorita a medalha de ouro. A melhor marca pessoal Viviane é 16min22s48 feitos na Universíade-2017 e a de Ana Marcela Cunha são os 16min36s42 do Troféu Brasil/Maria Lenk de 2010. Esta será a estreia da prova em Jogos Pan-Americanos.

Viviane Jungblut – Foto: Jonne Roriz/COB

Nos 200m medley feminino Camila Lins vai para a final da prova com o oitavo melhor tempo da eliminatória: 2min18s85. Gabrielle Roncatto ficou apenas em 12º com 2min21s39, aumentando em mais de cinco segundos seu tempo feito no Troféu Brasil/Maria Lenk. O melhor tempo foi da americana Meghan Small com 2min13s05.

Na prova masculina Caio Pumputis fez 2min02s48 e vai com o segundo melhor tempo para a final. Leonardo Santos, medalhista de prata nos 400m medley ontem, vai para a final com o quinto melhor tempo de 2min02s74. Willian Licon, dos Estados Unidos, foi o único na casa dos 2min00s nadando para 2min00s97. O Brasil tem oito medalhas na prova, sendo quatro com Thiago Pereira. O último campeão da prova foi Henrique Rodrigues que também estabeleceu o recorde pan-americano na ocasião com 1min57s06.

Caio Pumputis – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Nos 1500m livre masculino tivemos pela manhã as duas primeiras séries com os tempos mais fracos. Na primeira vitória de Graham Chatoor de Trinidad e Tobago com 16min13s84. E na segunda o argentino  Ivo Franco Cassini foi o mais rápido com 15min44s15.

Na final a noite teremos os brasileiros Diogo Villarinho e Guilherme Costa, que faz sua estreia no Pan de Lima. Guilherme é o recordista sul-americano da prova com 14min59s01 feitos no Torneio Open de 2017, marca que esta bem abaixo do recorde pan-americano do canadense Ryan Cochrane feitos em 2015: 15min06s40. A melhor marca pessoal Diogo Villarinho é 15min06s80 feitos no Troféu Brasil em abril. Os Estados Unidos dominam esta prova tendo vencido 14 das xx edições já disputadas.

Guilherme Costa – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

No Revezamento 4×100m medley feminino o  Brasil passou para a final com o segundo melhor tempo: 4min09s82. O país nadou com Fernanda Goeij, Pamela Alencar, Daynara de Paula e Manuella Lyrio. A noite a equipe deverá ser formada por Etiene Medeiros, Jhennifer Alves, Giovanna Diamante e Larissa Oliveira. O  Brasil tem seis medalhas nesta prova, sendo uma prata e cinco bronzes. O primeiro tempo das eliminatórias ficou com os Estados Unidos.

Na prova masculina, o Brasil também se classificou em segundo tempo nadando para 3min40s11. O país utilizou sua equipe reserva composta por Leonardo de Deus, Felipe Lima, Luiz Altamir e Breno Correia. Na final o time deve ser formado por Guilherme Guido, João Gomes Júnior, Vinicius Lanza e Marcelo Chierighini. Os americanos passaram com o melhor tempo e terão o reforço do campeão olímpico Nathan Adrian na final. O Brasil é atual bicampeão da prova.

Os resultados completos podem ser vistos, aqui. As finais começam às 22h30 (horário de Brasília) com transmissão da Record TV e Sportv.

Tags

Guilherme Costa Jogos Pan-Americanos Lima-2019 natacao Viviane Jungblut

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas