Brasil em todas as finais do segundo dia do Pan

Seleção brasileira tem aproveitamento de 100% nesta manhã e a noite pode ganhar até 11 medalhas em Lima

07/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Giovanna Diamante - Foto: Jonne Roriz/COB
Manuella Lyrio - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Manuella Lyrio - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Giovanna Diamante - Foto: Jonne Roriz/COB

No segundo dia de eliminatórias dos Jogos Pan-Americanos, que está sendo realizado no Complexo da Villa Deportiva Nacional (Videna) em Lima, no Peru, o Brasil se classificou para todas as sete finais que serão realizadas logo mais a noite.

Na primeira prova do dia, os 200m livre feminino, Manuella Lyrio passou para a final com o quarto melhor tempo de 2min00s42 e Larissa Oliveira com o sexto melhor tempo: 2min01s08. As duas pouparam forças para a final de logo mais e devem nadar a distância abaixo dos dois minutos.

Nos 200m livre masculino o recordista sul-americano Fernando Scheffer passou para a final com 1min49s86, sétimo melhor tempo e claramente nadou bem controlado. Breno Correia também esta na final com o terceiro melhor tempo: 1min48s21.

Fernando Scheffer – Foto: Jonne Roriz/COB

Nos 100m borboleta feminino Daynara de Paula e Giovanna Diamante passaram para a final com o quinto e sexto tempo, respectivamente. Daynara fez 1min00s21 e Giovanna 1min00s32. Daynara foi  medalhista de prata na prova em Guadalajara 2011, seu melhor resultado individual em Jogos Pan-Americanos.

Já entre os homens, Vinicius Lanza foi o único brasileiro na disputa. E ele passou para a final com o quarto melhor tempo: 53s11. Na série anterior a sua ele viu o guatemalteco Luiz Carlos Martinez quebrar o recorde pan-americano da prova com 51s44.

“Hoje de manhã eu nadei para classificar. Eu vi os resultados anteriores e vi que dava pra dar uma segurada pra mais tarde. Eu estou satisfeito, vaga na final e, hoje de noite, o bicho vai pegar. A expectativa é boa. O Martinez bateu o recorde do campeonato, bem forte, mas de tarde tem uma raia e tem uma chance. Está todo mundo junto e vai ser bacana”, comentou Lanza após a prova. A melhor marca de Lanza é 51s42 feitos no Troféu Brasil do ano passado.

Vinicius Lanza – Foto: Satiro Sodre/SSPress

Nos 200m costas feminino, a representante brasileira na prova foi Fernanda de Goeij que fez a melhor marca pessoal na distância nadando em 2min12s63, abaixando seis centésimos de seu antigo melhor resultado. A atleta vai para a final com o quarto melhor tempo.

“Gostei muito, foi o meu melhor tempo e me senti muito bem na prova. Um sentimento bom. E ainda deu pra sentir no finalzinho que a tarde dá para melhorar. A tarde eu vou tentar entrar o mais tranquila possível e confiante. Ir para uma disputa de medalha. Para cima!”, comentou Fernanda.

Nesta prova o Brasil nunca ganhou uma medalha em Jogos Pan-Americanos. Por outro lado, nos 200m costas masculino, o país está no pódio há dez edições consecutivas. Os brasileiros da prova serão Brandonn Almeida e Leonardo de Deus que fizeram o mesmo tempo de 2min01s51 e se classificaram para a final em quinto lugar. No último Pan, Leo foi medalha de bronze.

Leonardo de Deus – Foto: Satiro Sodré/ SSPress

O revezamento 4×100 livre misto foi a última prova do dia. O Brasil também passou para a final. Camila Mello, João de Lucca, Pedro Spajari e Lorraine Ferreira nadaram a prova em 3min32s22, se classificando em primeiro lugar. A noite a equipe mudará sua formação. Essa é a estreia da prova em Jogos Pan-Americanos e o Brasil é recordista sul-americano na distância com  3min25s58 feitos no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan-2015.

Os resultados completos da etapa podem ser vistos aqui. As finais começam às 22h30 (horário de Brasília) e terão transmissão do Sportv e Record TV.

Tags

Jogos Pan-Americanos Lima-2019 natacao seleção brasileira

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas