Brasil ganha medalha em Pan-Americano Nikkei

04/10/2016

Facebook Twitter

De acordo com a Associação de Nikkeis e Japoneses no Exterior existem 2,6 milhões de descentes japoneses vivendo fora do país, sendo cerca de 2,2 milhões apenas no continente americano. O Brasil é o país que mais concentra essa comunidade com aproximadamente 1,6 milhão de pessoas oriundas dessa diáspora que recentemente comemorou 100 de história. Outros países americanos como Estados Unidos, Canadá e Peru também tem muitos descendentes de imigrantes em suas sociedades. Trata-se de uma população bastante expressiva e com forte de sentimento de identidade pela cultura japonesa. Por isso, nada mais do que normal que exista uma versão exclusiva de Jogos Pan-Americanos Nikkei, evento especial para estes descendentes.

Esta competição que é pouco conhecida, teve sua 22ª edição realizada no final de setembro na Cidade do México, nas dependências do Centro Desportivo do Comitê Olímpico Mexicano. Ao todos, os atletas disputaram 11 modalidades: futebol, beisebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, judô, golfe, natação, xadrez, atletismo e boliche.

Um dos brasileiros presentes ao evento foi o nadador paulista Guilherme Sato, que conquistou uma medalha de bronze nos 100m borboleta e afirmou que gostou do desempenho na piscina. “Fico honrado em subir ao pódio levando nosso país a um novo patamar, este é só o começo de grandes conquistas”, disse o atleta. Antes de embarcar para o México toda a delegação brasileira realizou seus treinamentos no Clube Atlético Juventus, em São Paulo.

Por Guilherme Freitas

Tags

Guilherme Sato Jogos Pan-Americanos Nikkei Nikkei