Brasileiros colecionam medalhas na França

Delegação conquista 36 pódios no Open da França em Chartres; na Suécia Diogo Villarinho ganha prova de águas abertas

09/07/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter

Enquanto as atenções do esporte mundial se voltam a Copa do Mundo de futebol, que entra em sua reta final nos gramados da Rússia, o mundo da natação segue com sua programação de eventos. Um deles aconteceu neste último fim de semana na cidade francesa de Chartres. A 12ª edição do Open da França reuniu atletas de dezenas de países, entre eles uma grande delegação brasileira que bateu seu recorde de medalhas na história da competição.

Participando da competição com frequência desde o início da década, o Brasil jamais havia subido tantas vezes no pódio quanto nesta edição. Foram ao todo 38 medalhas conquistadas, sendo dez de ouro, 16 de prata e 12 de bronze. Além dos 16 nadadores do país convocados para nadar no mês que vem o Campeonato Pan-Pacífico em Tóquio, as equipes do SESI-SP e do Pinheiros enviaram alguns atletas para disputar a competição, que foi o segundo compromisso dos brasileiros na Europa depois da participação no Trófeu Sette Colli em Roma na semana anterior.

João Gomes Júnior foi o único brasileiro a estabelecer um novo recorde de campeonato ao vencer os 50m peito com o tempo de 26s94. Ele também faturou um medalha de prata nos 100m peito (1min01s32). Outro destaque foi Luiz Altamir que após bons resultados no Sette Colli votou a triunfar na França, vencendo os 200m borboleta (1min57s19) e 200m livre (1min48s26), o único do país a ganhar dois ouros.

Quem também ganhou medalha de ouro em Chartres foram Guilherme Costa nos 400m livre (3min51s29), Pedro Spajari nos 100m livre (49s02), Leonardo de Deus nos 200m costas (1min59s97) e Bruno Fratus mais uma vez nadando os 50m livre na casa dos 21 segundos (21s80). Entre as mulheres Etiene Medeiros nos 50m costas (27s96), Jhennifer Alves nos 50m peito (30s84) e Manuella Lyrio nos 400m livre (4min17s61) também faturaram medalha de ouro. Os resultados da competição podem ser conferidos aqui.

TYR Pro Swim Series

Do outro lado do Oceano Atlântico aconteceu a última etapa da temporada do TYR Pro Swim Series em Columbus, Ohio. A competição não contou com grandes astros da seleção americana como Katie Ledecky, Caeleb Dressel e Nathan Adrian que estão concentrados para o Campeonato Americano de Irvine no final deste mês e que definirá a equipe que nada em agosto o Pan-Pacífico de Tóquio.

João de Lucca seria o único brasileiro presente no evento, mas não nadou a competição. Os destaques da etapa foram Lilly King, Chase Kalisz, Leah Smith e Michael Andrews que bateu o recorde mundial júnior nos 50m livre com o tempo de 21s70. Os resultados completos estão aqui.

E também teve brasileiro vencendo prova internacional de águas abertas. O maratonista aquático Diogo Villarinho triunfou nas águas do rio Västerdalälven, na Suécia, ao vencer a Vansbro Simningen, meia maratona de 5 km como parte de sua preparação para a próxima etapa da Fina Marathon Swim Series em Lac St. Jean, no Canadá, no próximo dia 26 de julho.

Tags

Águas abertas João Gomes Jr. Luiz Altamir natacao Open da França seleção brasileira TYR Pro Swim Series

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas