Campeões olímpicos em ação no NCAA

22/03/2017

Facebook Twitter

O trio Schooling, Murphy e Dressel – Foto: Andy Ringgold / Aringo Photos

Uma semana depois do término das provas femininas do NCAA agora é a vez dos homens caírem na água a partir de hoje na piscina do Natatorium da Universidade de Indiana para disputar o título da temporada 2017. Há muita rivalidade pela disputa do título já que há dois anos a Universidade do Texas de Eddie Reese derrota a Universidade da Califórnia, que nesta vez busca dar o troca. Um trio de nadadores que se conhece desde a juventude e que brilhou no Rio-2016 é que será a atração máxima durante o principal campeonato universitário dos Estados Unidos.

Caeleb Dressel, Joseph Schooling e Ryan Murphy. Nos Jogos do Rio-2016 os três chegaram ao Olympic Aquatic Stadium como jovens promessas e candidatos a brilhar em Olimpíadas futuras. Porém, não precisaram esperar muito e na mesma Olimpíada já se tornaram campeões olímpicos. Dressel integrou o revezamento 4x100m livre, Schooling bateu Phelps na final dos 100m borboleta e Murphy levou três ouros nos 100m e 200m costas e 4x100m medley e ainda bateu o recorde mundial abrindo o revezamento medley. Curiosamente eles estudaram e nadaram juntos na conceituada Bolles Swimming School, na Flórida, antes de trilharem seus próprios destinos.

Vista da piscina do Natatorium de Indianápolis- Foto: Streeter Lecka/Getty Images

Vista da piscina do Natatorium de Indianápolis- Foto: Streeter Lecka/Getty Images

Dressel, que representa a Universidade da Flórida, brilhou na pré-temporada universitária com tempos expressivos principalmente em parciais de revezamento em piscina de jardas. Hoje ele detém nove das dez melhores marcas da história dos 50 livre e muitos acreditam que pode superar seu recorde de 18s20 feitos no NCAA de 2016. Se Dressel é o rei da velocidade Schooling e Murphy deverão ser os “homens a serem batidos” no nado borboleta e costas respectivamente. Campeão em 2016, Schooling busca o bicampeonato nos 100 borboleta em seu último ano na Universidade do Texas e terá como um dos principais adversários Caeleb Dressel. Já Murphy busca repetir a dobradinha do ano passado nos 100 e 200 costas e finalmente ajudar a Universidade da Califórnia a vencer o torneio. e na edição passada do NCAA foi eleitos os melhores do evento.

Em Indianápolis o Brasil marcará presença com dois atletas, os mineiros Vinicius Lanza e Rodrigo Correia. Lanza, que disputará pela segunda vez o NCAA e nadará em casa na Universidade de Indiana, é quem tem as melhores chances de disputar finais e quem sabe buscar medalhas. Ele esta balizado com o 5º tempo nos 200 medley e o 7º nos 100 e 200 borboleta. Já Correia estreia no NCAA pela Universidade de Georgia Tech e vai nadar os 100 costas (14º tempo do balizamento), 100 livre (47º tempo) e 200 medley (56º tempo). Em toda a história o Brasil soma 39 medalhas de ouro na Divisão 1 do NCAA, incluindo pódios de medalhistas olímpicos como Cesar Cielo, Gustavo Borges e Ricardo Prado.

O brasileiro Vinicius Lanza. nada três provas no NCAA - Foto: Satiro Sodre/SSPress

O brasileiro Vinicius Lanza. nada três provas no NCAA – Foto: Satiro Sodre/SSPress

O NCAA começa hoje e termina no próximo sábado dia 25 de março. A competição já teve seu start list divulgado (clique aqui) e os resultados em tempo real serão disponibilizados aqui.

Por Guilherme Freitas

Tags

Caeleb Dressel Joseph Schooling natacao NCAA Rodrigo Corria Ryan Murphy Vinícius Lanza