Campeonato Italiano confirmado para agosto de 2020

Competição será válida também como a edição 2020 do tradicional Troféu Sette Colli; estrangeiros são liberados para nadar

12/06/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Stadio del Nuoto em Roma - Foto: Reprodução
Stadio del Nuoto em Roma - Foto: Reprodução

Stadio del Nuoto em Roma - Foto: Reprodução

Stadio del Nuoto em Roma - Foto: Reprodução

O Campeonato Italiano foi confirmado para ser realizado entre os dias 12 a 14 de agosto e também será válido como a edição 2020 do Troféu Sette Colli, tradicional competição internacional que não pode ser realizado neste mês devido a pandemia do COVID-19. A participação de estrangeiros esta permitida, porém, o evento vai seguir as regras sanitárias de segurança da Itália e não há ideia quais nadadores não-italianos poderão nadar.

Desta forma a Itália passa a ser o primeiro país do mundo a realizar um campeonato nacional em meio a pandemia e até agora, o governo não deixou claro se haverá espectadores ou não.

A Federação Italiana de Natação (FIN) divulgou um cronograma provisório de datas de outros eventos para o mês de agosto, como a Copa Italiana de polo aquático e o Campeonato Italiano de águas abertas entre os dias 18 a 21 de agosto em Piombino, na Toscana.

Stadio del Nuoto em Roma – Foto: Reprodução

Para os nadadores mais jovens, a FIN especificou que também estão programados os campeonatos de natação assim como eventos de natação artística em uma base regional e de saltos ornamentais em um campeonato nacional.

Pela primeira vez na história o evento, que será realizado no Stadio del Nuoto em Roma, será feito em conjunto com o Sette Colli. Entre os participantes internacionais de 2019 estiveram em ação Pernille Blume, Ranomi Kromowidjojo, Adam Peaty, Chad Le Clos, Michael Andrew, Femke Heemskerk, Katinka Hosszu e o brasileiro Bruno Fratus.

Banner do Troféu Sette Colli 2019 – Foto: Reprodução

É provável que nesta edição apenas nadadores europeus nadem, já que as fronteiras dos países da Europa estão previstas para serem reabertas no dia 1º de julho. A União Europeia divulgou ontem que após a reabertura das fronteiras do bloco  cidadãos de países onde a pandemia não estiver controlada (caso do Brasil) não terão acesso ao continente. Podem existir exceções até a realização do Campeonato, mas a tendência é de não ocorrer a participação de brasileiros na competição.

A maioria dos nadadores competitivos da Itália, entre masters e juniores, retomaram os treinamentos no último mês, já que o país viu o número de casos de coronavírus diminuir. No auge da pandemia, no final de março, a Itália estava com mais de 6 mil novos casos diários, enquanto os hospitais estavam sobrecarregados. Na última semana, o país teve uma média de 300 novos casos por dia, com cerca de 70 mortes diárias.

Tags

COVID-19 Itália natacao Troféu Sette Colli

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas