Champions Swim Series: a nova competição da FINA

Evento criado pela entidade internacional mescla esporte com entretenimento e acontecerá entre março e maio do ano que vem

13/12/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter

O Bureau da Federação Internacional de Natação (FINA) anunciou hoje a criação de um novo evento para o ano que vem. Trata-se do FINA Champions Swim Series, que busca mesclar o esporte competitivo com o lucrativo mercado do entretenimento. A competição, que ainda não tem locais definidos, será disputada em três etapas durante os meses de março e maio de 2019 reunindo as principais estrelas da natação internacional entre medalhistas olímpicos e mundiais, recordistas mundiais e líderes do ranking mundial.

No FINA Champions Swim Series serão oferecidas as provas de 50m, 100m e 200m de todos os estilos a serem realizadas sempre em piscina de 50 metros em até três dias de competição sempre aos fins de semana, de sexta a domingo. No programa da competição, que terá apenas finais, os quatro melhores nadadores de cada prova vão competir individualmente e também haverá disputas em revezamento. Os nadadores serão separados por equipes, mas ainda não se sabe como será feito essa divisão. Os organizadores estudam ainda incluir os 400m livre e os 200m medley na programação.

Piscina do Mundial de Hangzhou – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Todos os nadadores participantes receberão premiação em dinheiro por participação e por resultados, além de terem todas as suas despesas com viagem, acomodação e alimentação pagas pela FINA. Ao todo a entidade vai pagar US$ 3,9 milhões em premiação, sendo US$ 2,4 milhões para premiação individual e US$ 648 mil em disputas de revezamento. Segundo Julio Maglione, presidente da FINA, “a nova competição além de inovar a modalidade irá também valorizar as estrelas da natação”.

Vale lembrar que a competição Energy for Swim, que aconteceria no final deste mês na Itália, foi cancelada causando uma rusga entre a FINA e os principais atletas internacionais. O evento, que também premiaria os nadadores com dinheiro, acabou não recebendo a autorização da FINA e a entidade ainda ameaçou suspender quem se interessasse em nadar o campeonato. Para evitar maiores desgastes os organizadores da Energy for Swim cancelaram o evento e alguns atletas como a Dama de Ferro Katinka Hosszu entraram na justiça contra a FINA alegando abuso de autoridade e exigindo reparos financeiros.

Tags

competição Fina FINA Champions Swim Series natacao

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas