Circuito Mares: o maior do país na natação em águas abertas

A cidade de Caraguatatuba será a sede da 2ª etapa do circuito 2019/2020 no próximo fim de semana

19/11/2019 - Patrick Winkler

Facebook Twitter
Boias do Circuito Mares - Foto: Reprodução
Circuito Mares 2019/2020 - Foto: Reprodução

Circuito Mares 2019/2020 - Foto: Reprodução

Boias do Circuito Mares - Foto: Reprodução

Muita coisa evoluiu nas maratonas aquáticas desde o não tão longe ano de 2007, onde a modalidade foi inserida nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro e na sequência nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. Não é possível mensurar o exato crescimento, mas o Brasil atualmente tem algo próximo de 1.000 provas de natação em águas abertas.

Em 2014 nascia o Circuito Mares, com a proposta de explorar as mais belas praias do litoral norte de São Paulo, incluindo: Ubatuba, Ilhabela, Caraguatatuba, São Sebastião e posteriormente o Guarujá (que geograficamente é litoral norte).

Atletas nadando no Circuito Mares – Foto: Reprodução

A grande sacada do circuito, inspirado no estilo NBA (basquete) & NFL (futebol americano) é ter o inicio no segundo semestre e terminar a pontuação do circuito somente no final do primeiro semestre do ano posterior. Tal calendário, incentiva o nadador a começar o ano com “gás total”, pois o mesmo está na metade da temporada.

Ao longo destes cinco anos o evento cresceu ininterruptamente, sempre fidelizando os atletas que já competiram e buscando novos atletas para experimentar o Circuito Mares. Ao todo são cinco etapas com média de 1.800 atletas. Em setembro deste ano, especificamente na etapa do Guarujá, atingiu-se a marca de 2.100 atletas.

Atletas durante largada no Circuito Mares – Foto: Reprodução

O número aproximado de 10.000 inscrições por ano, posiciona o Mares como o maior circuito de natação em águas abertas em todo país. Vale ressaltar ainda que o evento também tem as provas de aquathlon e de corrida de rua.

Mesmo com o crescimento, a Interativa (produtora do Mares), sempre incentivou o cunho social dos esportes e ajudou muito os atletas PCD (portadores com deficiência). Para a etapa de Caraguatatuba que acontece entre os dias 23 e 24 de novembro, o evento proporcionará 200 inscrições para jovens entre 12 a 18 anos e mais 50 inscrições para atletas PCD. Também haverá um workshop gratuito, sobre natação em águas abertas, para este mesmo grupo.

Nadador em ação no Circuito Mares – Foto: Reprodução

Tal crescimento e comprometimento do Circuito Mares, chamou a atenção de diversas empresas, e para esta etapa de novembro a Caixa Econômica Federal será a grande patrocinadora do evento.

Para quem acompanha o cenário esportivo nacional, percebe que o perfil de patrocínio da Caixa, prioriza muito as ativações sociais relacionadas ao esporte, promovendo a modalidade às pessoas que tem pouco acesso a prática da natação.

Banner da etapa de Caraguatatuba – Foto: Reprodução

Outra empresa que inicia a parceria com o Circuito Mares a partir de novembro é a FIORE, uma das mais tradicionais marcas de natação do Brasil. A empresa será a fornecedora oficial do evento.

A etapa de Caraguatatuba é a segunda do circuito 2019/2020 e conta com as seguintes provas: start (500m) short (1 km), marathon (2,5 km), challenge (5 km), o aquathlon (1 km de natação e 5 km de corrida) e a prova de corrida de 5 km. Mais detalhes sobre o evento podem ser encontrados no website oficial da competição: circuitomares.com.br.

Tags

Águas abertas Caixa Econômica Federal Caraguatatuba Circuito Mares natacao

Patrick Winkler

Editor-chefe da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas