Conheça os integrantes do 4x100m livre masculino

Nomes para o revezamento mais tradicional do Brasil foram conhecidos ontem e teremos aperitivo hoje a noite

19/04/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Revezamento 4x100m livre - Foto:  Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Revezamento 4x100m livre - Foto:  Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Revezamento 4x100m livre - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Revezamento 4x100m livre - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

O nome dos quatro integrantes do revezamento 4x100m livre masculino foram conhecidos nesta quinta-feira (18) no na final da prova válida pelo Troféu Brasil-Maria Lenk.

Breno Correia, Pedro Spajari e Gabriel Santos estão confirmados para nadar os próximos Jogos Pan-Americanos de Lima e para o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos em Gwangju. A somatória dos tempos dos brasileiros deixaram o time como o segundo melhor revezamento do mundo, atrás apenas da Russia, confirmando as chances reais que o país tem de subir ao pódio na Coreia do Sul em julho.

E o primeiro classificado foi Marcelo Chierighini, que rompeu a barreira dos 48 segundos pela primeira vez em sua carreira. O velocista do Pinheiros venceu com o tempo de 47s68, marca que também é a terceira melhor do mundo este ano. Natural de Itu (SP), ele está nas finais dos 100m livre nos principais eventos do Brasil desde 2013. Foi sexto colocado no Mundial de Barcelona-2013, quinto em Kazan-2015 e quinto em Budapeste-2017, além do oitavo lugar nos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Chierighini foi medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto (2015) e medalha de prata no revezamento 4x100m livre no Mundial de Budapeste.

Marcelo Chierighini – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Breno Correia, também do Pinheiros foi a medalha de prata na prova e também garantiu seu lugar em mais um revezamento brasileiro. Com o tempo de 48s11 fez a melhor marca da sua carreira e além do revezamento vai nadar a prova individual no Mundial e no Pan. Aos 20 anos, também estará presente com o revezamento 4x200m livre. Natural de Salvador, Breno já é uma promessa que deu certo. No Mundial de piscina curta de Hangzhou ano passado, foi medalha de bronze com o revezamento 4x100m livre e ganhou a medalha de ouro com o 4x200m livre, que ainda bateu o recorde mundial.

No Sul-Americano do ano passado foi ouro nos 100m livre e com o revezamento 4x200m livre e prata com o time do 4x100m livre. Também em 2018 conquistou no Campeonato Sul-Americano da CONSANAT em Trujillo seis medalhas de ouro nos 100m e 200m livre, 4x100m e 4x200m livre masculino, 4x100m livre misto e 4x100m medley masculino.

Breno Correia – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Pedro Spajari foi o terceiro melhor colocado na final dos 100m livre com o tempo de 48s34. Natural de Amparo, o jovem de 22 anos vem crescendo desde 2017, chegando a seleção principal ano passado onde nadou o revezamento campeão do Pan-Pacífico de Tóquio.

Com uma doença rara, o nadador precisou fazer um tratamento de hormônios com autorização da FINA e viu seus tempos diminuírem e os resultados aparecerem. No Maria Lenk de 2018 ele superou pela primeira vez a barreira dos 48s ao registrar 47s95 nas eliminatórias. Extremamente veloz, também vem abaixando seus tempos nos 50m livre e vislumbra nadar esta prova também no Mundial e no Pan-Americano.

Pedro Spajari – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDAk

Gabriel Santos fechou o time do revezamento 4x100m livre masculino com o quarto melhor tempo da final. O nadador nadou para 48s53 e está no time do Mundial e Pan. Gabriel é outro grande nome dos 100m livre, mantendo uma ótima regularidade na prova e tendo sido campeão brasileiro por seis Campeonatos Brasileiros consecutivos entre 2016 e 2018 se firmando como um nome forte para o revezamento.

Natural de Guarulhos, na grande São Paulo, o nadador foi integrante do revezamento 4×100 metros masculino  vice-campeão mundial em Budapeste-2017. Em seu primeiro Mundial abriu o revezamento do Brasil e conquistou  a medalha de prata junto com Cesar Cielo, Bruno Fratus e Marcelo Chierighini.

Gabriel Santos – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Todos os atletas treinam no Pinheiros e são treinados por Alberto Silva, o Albertinho. A tendência do time é de que o entrosamento aumente ainda mais e a expectativa é de que a equipe suba ao pódio nas duas competições. E hoje a noite na final do revezamento 4x100m livre teremos a participação do quarteto nadando a prova representando o clube paulista.

Tags

Breno Correia Gabriel Santos Marcelo Chierighini natacao Pedro Spajari revezamento 4x100m livre Troféu Brasil Maria Lenk

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas