Cullen Jones lidera grupo de nadadores contra o racismo

Campeão olímpico prestou uma consulta a USA Swimming em resposta à atos antirracistas nos Estados Unidos

24/06/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Simone Manuel - Foto: Divulgação
Cullen Jones - Foto: Getty Images

Cullen Jones - Foto: Getty Images

Simone Manuel - Foto: Divulgação

Cullen Jones, campeão olímpico com o revezamento americano dos 4x100m livre em Pequim-2008 esta a frente de lidera um grupo de nadadores negros na luta contra o racismo. Na última sexta-feira (19) o ex-nadador participou do programa de TV USA Today, onde comentou sobre a consulta que deu a USA Swimming sobre a organização de protestos contra a violência policial e o racismo sistêmico após o assassinato de George Floyd pela polícia de Minneapolis em 25 de maio.

A resposta de Jones foi ajudar, mas também reconhecer as vozes mais jovens da conversa, a dos nadadores que ainda estão em ativa na piscina. Isso levou a uma conversa em grupo de uma dúzia de nadadores negros para coordenar suas respostas e ampliar suas vozes coletivas.

Cullen Jones ensinando crianças a nadar – Foto: Brian Lawdermilk/Associated Press

“Minha primeira coisa foi: você precisa lançar algo rapidamente”, disse ao USA Today. “Você precisa abordar isso de frente porque eu não estou mais falando de mim mesmo, até porque me aposentei e não estou treinando para 2021. Não apenas os atletas olímpicos, mas também aqueles que buscam chegar a uma Olimpíada. E eles não são apenas pessoas que irão contribuir para a equipe dos Estados Unidos, eles são líderes em sua equipe. Podem ser votados como seus capitães. Então, como organização, você precisa estar atrás deles”, comentou Jones, vice-campeão olímpico nos 50m livre em Londres-2012.

Essas colaborações levaram a USA Swimming a revisar sua declaração inicial, que inclui o compromisso de continuar trabalhando com membros da comunidade negra para aumentar seus esforços de diversidade estrutural e maior acessibilidade aos negros na modalidade.

Muitos nadadores,  incluindo Simone Manuel, Lia Neal, Reece Whitley, Natalie Hinds e Giles Smith, expressaram seus pensamentos sobre o momento atual e o grupo tem sido um trampolim para uma maior visibilidade coletiva.

“Temos reunido muitos nadadores, atletas olímpicos, nacionais e anteriores, para fazer parte da arrecadação de fundos para contribuir com organizações que combatem essas injustiças raciais e o racismo sistêmico”, disse Lia Neal ao USA Today. “Então, o que eu tenho trabalhado com Cullen tem sido sobre a história dos negros especificamente”, completou a nadadora medalhista olímpica em Londres-2012 e Rio-2016.

Ela fez vídeos para o Uninterrupted, plataforma de mídia administrada pelo jogador de basquete americano LeBron James. Simone Manuel, campeã olímpica e mundial, também postou uma mensagem em seu Instagram, com o desejo de “continuar a luta por [nossos ancestrais], mas por todos que vierem depois”. Veja mais detalhes sobre o assunto clicando aqui. 

https://www.instagram.com/p/CBoT2bZgFD5/

 

Tags

Cullen Jones George Floyd natacao racismo Simone Manuel USA Swimming

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas