Steve Redmond: o primeiro a completar o “Desafio dos 7 Mares”

Nadador irlandês completou as sete provas consideradas as mais difíceis do mundo entre os anos de 2009 e 2012

07/02/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Stephen Redmond. Foto: Divulgação
Stephen Redmond. Foto: Divulgação

Stephen Redmond. Foto: Divulgação

Stephen Redmond. Foto: Divulgação

Natural da Irlanda, Steve Redmond foi a primeira pessoa a completar o “Desafio dos 7 Mares” em 2012.  O desafio consiste em atravessar a nado sete das mais difíceis provas de águas abertas do mundo: Canal da Mancha (Inglaterra/França com 34 km), Canal de Catalina (Estados Unidos com 36 km), Estreito de Gibraltar (Espanha/Marrocos com 16 km), Canal do Norte (Irlanda do Norte/Escócia com 33 km), Canal de Molokai (Estados Unidos com 42 km), Estreito de Cook (Nova Zelândia com 26 km) e Canal de Tsugaru (Japão com 20 km).

Em agosto de 2009 o ex-triatleta completou o primeiro desafio. Foi no Canal da Mancha em uma longa travessia que durou 20h01min. Exatamente um ano depois ele partiu para o segundo desafio e triunfou no Canal do Norte em 17h17min de prova. Em maio de 2011 foi a vez de Redmond completar o Estreito de Gibraltar em 5h00min e em outubro do mesmo ano atravessou a nado o Canal Catalina em 12h39min.

Em fevereiro de 2012 ele fez duas travessias! A primeira no Estreito de Cook em 12h30min e poucos dias depois cruzou a nado o Canal de Molokai Channel em 22h29min. Este último na sua segunda tentativa. “Não era uma competição no começo, mas, no final, tornou-se um desafio para mostrar ao mundo o que os irlandeses podiam alcançar. Foi uma batalha sangrenta”, disse Redmond quando ganhou o prêmio do Hall da Fama da Maratona Internacional de Natação em 2017.

A última prova do desafio completada pelo o nadador foi o Canal de Tsugaru. E demorou, afinal ele só conseguiu conclui-la na quarta tentativa. E para nadar os 20 km no Japão foram necessárias 12h45min.

Stephen Redmond Fastnet Swim

Steve Redmond – Foto: Divulgação

Após completar o Desafio, Redmond tentou ser a primeira pessoa a nadar entre a Irlanda o País de Gales, uma distância de cerca de 80 km de natação. Em 2013 ele abandou a prova quando começou a mostrar sinais de hipotermia.

“Nosso principal foco e preocupação sempre foram a saúde de Steve e, quando ele começou a mostrar sinais preocupantes de hipotermia, sentimos que, com um mergulho tão longo à sua frente, não valia o risco”, comentou John Kearney, da equipe de apoio.

“Steve nadou em alguns dos oceanos mais cansativos e sabe que tudo tem que estar certo e você não se arrisca.”, completou Kearney. Redmond, que mora no condado de Cork com a esposa Ann e seus dois filhos, aceitou nadar a provas depois que três de seus irmãos se afogaram enquanto pescavam na costa sul da Irlanda.

Stephen Redmond Fastnet Swim

Steve Redmond – Foto: Divulgação

Até hoje apenas 20 nadadores completaram o Desafio dos 7 Mares. O último a concluir foi o espanhol Jorge Crivilles Villanueva, que completou a série realizando o Estreito de Cook no último dia 20 de janeiro.

Desde 2015 Adherbal de Oliveira vem realizando as famosas travessias do Desafio dos 7 Mares visando se tornar o primeiro nadador brasileiro a concluir esse feito. Sua primeira travessia foi no Canal da Mancha onde estabeleceu um recorde nacional na prova com a marca de 8h49min em 2015.

Em 2016 ele completou a travessia do Canal de Catalina e no ano seguinte a travessia do Estreito de Gibraltar. Porém, Adherbal não concluiu as duas últimas travessias que realizou: a do Canal do Norte em 2018 após um princípio de hipotermia e do Canal de Molokai em 2019 após ser atacado por um tubarão.

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.