Daiene Dias faz história e é bronze nos 100m borboleta

Nadadora se tornou a primeira brasileira a ganhar uma medalha em prova olímpica em Mundiais de curta

16/12/2018 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter

Daiene Dias fez história no último dia do Campeonato Mundial de piscina curta de Hangzhou, na China. A nadadora se tornou a primeira brasileira a ganhar uma medalha em provas olímpicas em Mundiais de piscina curta (25 m).

Com grandes nomes ao seu lado na final da prova, Daiene conquistou um resultado expressivo. Na manhã deste domingo (16), com o tempo de 56s31 ela conquistou a medalha de bronze na prova dos 100m borboleta. Após virar os 50 metros na liderança, bateu em terceiro com o novo recorde sul-americano da prova, que já era dela, feitos nas semifinais da prova. O primeiro lugar da prova ficou com a americana Kelsi Dahlia (55s01) e o segundo com a também americana Kendyl Stewart (56s22).

“Com certeza foi uma surpresa. Vim para cá querendo estar em uma final, mas, quando se tem uma raia, se tem uma chance. Fui atrás da minha e consegui. É uma grande vitória para a natação feminina do Brasil”, falou Daiene.

Daiene Dias – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Nas eliminatórias da prova, Daiene fez 56s78 e se classificando com o quinto melhor tempo. Na segunda série da semifinal, fez 56s40 passando com o quarto melhor tempo. Aos 29 anos, depois da final, a nadadora demorou um pouco para acreditar no resultado: “Nossa, que sonho, não acredito. Tô muito feliz.”, comentou logo após nadar a prova.

Natural de Vitória, no Espírito Santo, ela tem na carreira um bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007, na prova dos 200m borboleta. Na sua primeira participação em Mundiais de curta, em Doha-2014, ficou em oitavo lugar nos 100m borboleta e chegou as semifinais dos 50m borboleta. Na última edição em Windsor-2016, terminou os 50m borboleta na 19ª colocação e os 100m borboleta novamente na oitava posição com o tempo de 57s56.

Daiene Dias – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Ainda neste último dia de competições, Etiene Medeiros também ficou com o bronze nos 50m livre e se tornou a segunda brasileira a conquistar medalhas em Mundiais de curta em provas presente ao programa olímpico. O Brasil terminou na nona colocação do quadro de medalhas, com dois ouros e seis bronzes. Os resultados completos do sexto e último dia do Mundial de curta podem ser conferidos no site da Omega Timing clicando aqui.

Tags

Daiene Dias Hangzhou Mundial de curta natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas