Definidos os finalistas da Superfinal do ISL

Etapa decisiva do novo torneio reunido estrelas da natação mundial será realizada em Las Vegas nos dias 20 e 21 de dezembro

29/11/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
International Swimming League - Foto: Divulgação/ISL
Guilherme Guido - Foto: Fabio Ferrari/LaPresse

Guilherme Guido - Foto: Fabio Ferrari/LaPresse

International Swimming League - Foto: Divulgação/ISL

A Super Final da International Swimming League (ISL) será realizada entre os dias 20 e 21 de dezembro em Las Vegas, nos Estados Unidos. Após seis etapas classificatórias da nova competição em piscina curta, que foi idealizada pelo bilionário ucraniano Konstantin Grigorishin, quatro times chegaram a fase decisiva. Com o objetivo de dar maior visibilidade a modalidade e aos nadadores através de uma liga mundial com grande premiação em dinheiro, a ISL obteve bastante sucesso de público e audiência.

Ao todo oito times participaram da primeira fase e foram divididos em dois grupos, um de equipes americanas e outro de equipes europeias. Em outubro, foram quatro finais de semana com torneios reunindo quatro equipes, dentro de seu respectivo grupo. Em novembro aconteceram mais duas competições. Os quatro clubes, dois americanos e dois europeus, que mais somaram pontos acabaram se classificando para a Super Final. São eles: LA Current, Cali Condors, Energy Standard e London Roars.

Adam Peaty – Foto Gian Mattia D’Alberto/LaPresse

Ao todo mais de 100 nadadores foram participaram dessa primeira edição do campeonato. Cada time é formado por 12 homens e 12 mulheres que que somam pontos nas provas individuais e nos revezamentos ao longo das seis etapas de classificação.

Nas quatro equipes finalistas há grandes destaques da natação mundial. No time Cali Condors estão presentes Caeleb Dressel e Olivia Smoliga. No London Roar as principais estrelas são Adam Peaty e Cate Campbell, além do brasileiro Guilherme Guido que registrou ótimos tempos nas etapas anteriores e já soma sete vitórias em nove provas disputadas (incluindo revezamentos).

No time do Energy Standard os principais nadadores são Florent Manaudou, Chad Le Clos e Sarah Sjöström. Por fim, a equipe do LA Current, tem na equipe os americanos Nathan Adrian, Ryan Murphy e Chase Kalisz. Uma das grandes ausências em Las Vegas será o time da multicampeã Katinka Hosszu, o Iron Aquatics, que também contava com Ranomi Kromowidjojo e Vladimir Morozov. Veja abaixo um vídeo promocional da última etapa da ISL:

Na última etapa, realizada em Londres, Sarah Sjöström do Energy Standard foi quem mais faturou. A sueca somou mais de US$ 40 mil em premiação. Este valor não inclui o que cada uma das oito equipes paga aos seus atletas, que variam de US$ 5 mil a US$ 25 mil por nadador.

Nas regras da competição, cada prova pode contar com dois atletas da mesma equipe. O primeiro round conta com oitos atletas, depois restam os quatro melhores e na última prova apenas os dois melhores somam pontos. A primeira etapa foi realizada em Indianópolis (Estados Unidos), a segunda em Nápoles (Itália), a terceira em Lewisville (Estados Unidos),  a quarta em Budapeste (Hungria), a quinta em College Park (Estados Unidos) e a sexta em Londres (Reino Unido). A Super Final será transmitida pelo Sportv e os horários serão definidos em breve. Para mais detalhes acesse o site da ISL: isl.global/.

Tags

International Swimming League ISL Las Vegas natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas