Desafios Aquaman 2018 promove o setembro verde

Prova, que acontece dia 16 de setembro, ajudará na conscientização da campanha que incentiva a doação de órgãos

12/07/2018 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter

No próximo dia 16 de setembro, além de oferecer quatro provas: a principal com 7 km, a curta de 1.5 km, a média que é novidade com 3,5 km e a Travessinha de 200 metros para crianças, o Desafios Aquaman ajuda a promover também uma grande causa: a doação de órgãos.

Para aproveitar o chamado “setembro verde” a competição disponibiliza seu kit com bolsa, touca e camisa, além de toda a identidade visual do evento na cor verde, fazendo referência ao mês de conscientização e incentivo para a doação de órgãos.

“Esse ano estamos com a campanha da doação de órgãos porque eu tive o prazer de conhecer a Patrícia Fonseca, uma atleta que sobreviveu graças a doação de órgãos e hoje, além de dar um valor maior a vida,  teve a oportunidade de realizar alguns sonhos, um deles foi fazer uma maratona aquática. Como o mês coincidiu nós resolvemos ajudar nessa campanha, além de ser um ato de amor, a doação é vital para melhorar a realidade de transplantes no Brasil, que hoje aumentou mas ainda tem uma taxa de rejeição muito grande”, disse Samir Barel, um dos organizadores e idealizadores do evento.

No ano passado, aproveitando a data da travessia (29 de outubro), os kits retomaram o outubro rosa, que lembra da prevenção contra o câncer de mama, e o novembro azul, campanha de prevenção contra o câncer de próstata.

Samir, que também é técnico de natação, explica algumas condições para a doação de órgãos. “Existem alguns dados interessantes. Para uma pessoa ser doadora ela só precisa comunicar à família para que o procedimento seja autorizado, além disso, um órgão pode salvar mais de 20 vidas! Caso a pessoa queira ser doadora em vida, ela deve ter mais de 18 anos e o receptor deve ser seu cônjuge ou parente, além de ter compatibilidade sanguínea. O meu pai por exemplo, é crônico renal, o rim dele não funciona, e eu poderia ser um doador, mas ele não permite, por eu ser seu filho. Essa é uma situação que acontece muito, por isso que quanto mais pessoas forem doadoras, maior a chance de vidas serem salvas”, completa Samir.

Com uma expectativa de atingir entre 800 e 1000 atletas, o Desafios Aquaman, será realizado na bela Praia da Cocanha, em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo. Todos que nadarem as provas terão direito ao kit, além da medalha após a prova. Haverá também uma premiação especial para os primeiros colocados gerais e de cada categoria. As inscrições para as prova devem ser feitas no site da SWIM CHANNEL , neste link aqui.

Tags

Águas abertas Desafios Aquaman doação de órgãos natacao Samir Barel setembro verde

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas