Dicas de como encarar um desafio como a Tríade

Competição reúne três distâncias em águas abertas em curto espaço de tempo e será realizada dia 8 de julho, no Guarujá.

13/06/2018 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Águas Abertas - Foto: Reprodução

Águas Abertas - Foto: Reprodução

O Desafio Tríade de águas abertas é uma competição diferente. Isso porque ela é dividida em três provas que acontecem no mesmo dia com intervalos entre 40 minutos e 1 hora. A primeira prova tem 2,5 km, a segunda tem 1,5 km e a última é de 1 km. Este ano as provas serão realizadas na praia do Guaiúba, no Guarujá, no dia 8 de julho com largada prevista para as 9h da manhã.

Disputar um evento como este requer alguns cuidados especiais, já que não são todos que estão acostumados a nadar essa quilometragem, principalmente em formato competitivo e consecutivo. Por isso é importante muita atenção por parte dos participantes.

Pensando nisso, a SWIM CHANNEL conversou com Marta Izo e Samir Barel, dois ultramaratonistas experientes, que darão dicas para quem irá encarar as três provas. Esse ano será a primeira vez que Marta realizará o desafio e mesmo com toda sua experiência ela não esconde sua ansiedade, já que no ano passado as provas foram canceladas devido aos ventos fortes.

“A prova é super diferente por ter que nadar três provas em um mesmo dia, com pouco tempo de descanso. Até eu estou ansiosa! A minha maior dica é que para nadar bem você deve ser bem estratégico e curtir bastante”, conta Marta. A nadadora completa: “Se você já cansar logo na primeira prova, pode não conseguir ter o mesmo resultado nas outras. Para qualquer prova, o importante é ter calma! Aqueça antes uns 10 a 15 minutos e faça um desafio progressivo, pois como a distância vai diminuindo, a tendência é nadar mais forte ao final. Alongar de leve após cada etapa também é de grande valor. Lembre-se, inicie com cautela e ao final de cada etapa, se hidrate bem!”.

Samir Barel, outro ultramaratonista aquático, vai levar cerca de 16 atletas para competir o Desafio Tríade e também da dicas de estratégias para as provas.  “Para quem conhece os adversários a estratégia é não forçar muito no começo, só forçar quando achar necessário. O importante é não começar muito forte e controlar o adversário para guardar as forças para a próxima prova”, disse o também técnico de natação. “Minhas outras dicas são: soltar depois das provas, se alongar, se hidratar e depois de descansar se mexer para cair na água novamente”, finaliza Samir.

Como a prova será realizada bem no meio do inverno, o uso de roupa de neopreme está liberado. O evento é organizado pela Associação Aquática, empresa que promove o Circuito Maratona Aquática, um do mais tradicionais do Brasil. Todos os participantes receberão uma medalha a cada prova que juntas formarão uma mandala, além de touca e camiseta alusiva ao evento.

As inscrições para o Desafio Tríade estão abertas e podem ser feias através da página de inscrição de provas da SWIM CHANNEL. Aproveite e faça sua inscrição aqui até o dia 28 de junho.

Tags

Águas abertas Associação Aquática Desafio Tríade Marta Izo natacao Samir Barel

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas