Dois ouros no terceiro dia de Jogos Pan-Americanos

No terceiro dia de finais no Peru o Brasil conquistou duas medalhas de ouro, duas de prata e três de bronze

09/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Revezamento 4x100m medley misto - Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br
Marcelo Chierighini - Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Marcelo Chierighini - Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Revezamento 4x100m medley misto - Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

A natação nos Jogos Pan-Americanos chega a sua metade em Lima com o terceiro dia de finais. Novamente mais um grande dia para o Brasil, que somou na noite dois ouros, duas pratas e três bronzes.

 

Larissa Oliveira – Foto: Ricardo Bufolin/Panamerica Press

Mais um bronze para Larissa
Larissa Oliveira conquistou seu segundo bronze individual e Lima. Depois dos 200m livre, agora foi a vez de ir ao pódio nos 100m. Larissa nadou para 55s25, terceira melhor marca da prova, atrás apenas da americana Margo Geer foi a campeã com 54s17, única abaixo dos 55 segundos, e da canadense Alexia Zevnik, prata com 55s04. Larissa tem agora oito medalhas em Jogos Pan-Americanos, três em revezamentos no Pan passado, três em revezamentos neste Pan e duas medalhas individuais até aqui. Ela se iguala a outras duas nadadoras que também somam oito medalhas nos Jogos: Tatiana Lemos e Joanna Maranhão.

 

Marcelo Chierighini – Foto: Ricardo Bufolin/Panamerica Press

O  Brasil no topo dos 100m livre 
Pela oitava vez consecutiva o Brasil subiu ao pódio nos 100m livre. Marcelo Chierighini foi o campeão da prova com o tempo de 48s09, a frente do campeão olímpico de 2012, Nathan Adrian, que ficou com a prata com 48s17 e do outro americano na disputa, Michael Chadwick que completou o pódio em terceiro lugar com seus 48s88. Chierighini manteve a tradição do Brasil na prova, que tem agora 11 medalhas na distância, sendo seis de ouro. Gustavo Borges que venceu em 1991 e 1995 e Cesar Cielo campeão em 2007 e 2011, são os únicos brasileiros bicampeões da prova. Chierighini também foi medalhista de bronze na prova em 2015. Breno Correia, o outro brasileiro na prova, terminou na quinta posição, com 49s14.

 

Annie Lazor – Foto: Rob Schumacher/USA TODAY Sports

Dobradinha americana
Nos 200 metros peito as americanas dominaram. Ouro para Anne Lazor com 2min21s40 e novo recorde panamericano, seguida da compatriota Bethany Galat que marcou 2min21s84. O bronze ficou com a recordista sul-americana Julian Sebastian, que nada pelo Minas TC, que marcou 2min25s43. Na prova masculina mais uma dobradinha americana e recorde pan-americano. O campeão foi William Licon que também estabeleceu um novo recorde pan-americano com 2min07s62. Nicolas Fink foi prata com 2min08s16 e o mexicano Miguel Ojeda levou o bronze com 2min11s23. O Brasil não teve representante nas duas finais.

 

Etiene Medeiros – Foto: Ricardo Bufolin/Panamerica Press

De volta ao pódio
Etiene Medeiros voltou a subir no pódio nos 100m costas e terminou com o bronze. Campeã pan-americana em Toronto-2015, ela nadou a prova em 1min00s67. A vencedora foi a americana Phoebe Bacon, única abaixo de um minuto, com 59s47. A prata ficou com a canadense Franci Hanus que fez 1min00s34. Fernanda Goeij, a outra brasileira na prova, fez novamente sua melhor marca pessoal neste Pan. Ela chegou na quinta colocação com o tempo de 1min01s59.

 

Guilherme Guido – Foto: Washington Alves/COB

Na batida de mão
Nos 100m costas masculino, Guilherme Guido ficou com a prata na batida de mão. O americano Daniel Carr bateu na frente com 53s50 contra 53s54 do brasileiro. O terceiro lugar ficou com Dylan Carter de Trinidad e Tobago, que fez 54s42. Guido ainda detém o recorde pan-americano com 53s12 feitos em 2015, além do sul-americano que é 52s95 feitos no Mundial de Gwangju semanas atrás. O brasileiro repetiu o resultado do último Pan quando foi prata em Toronto-2015. Ele ainda tem um bronze em Guadalajara-2011.

 

Viviane Jungblut – Foto: Ricardo Bufolin/Panamerica Press

Na maratona e nas piscinas
Os 800m livre feminino foi histórico. Viviane Jungblut conquistou a medalha de bronze tornando-se a primeira brasileira a ganhar uma medalha na prova e a primeira a conquistar um pódio na maratona aquática e na piscina em uma mesma edição dos Jogos. A nadadora que conquistou o bronze nos 10 km voltou a conquistar um bronze com 8min36s04. A Argentina Delfina Pignatiello confirmou o favoritismo e foi ouro com o tempo de 8min29s42. A americana Mariah Denigan ficou com a prata ao nadar para 8min34s18. Ana Marcela Cunha, campeã dos 10 km, ficou na sétima colocação com 8min48s33.

 

Miguel Valente – Foto: Katarine Monteiro/Swim Channel

Estreias 
Na estreia dos 800m livre masculino no programa dos Jogos Pan-Americanos, Miguel Valente conquistou a medalha de prata na prova. Em sua estreia o brasileiro nadou a prova em 7min56s37, atrás apenas do americano campeão pan-americano Andrew Abbruzo que fez 7min54s70. O bronze da prova ficou com o mexicano David Vargas com 7min56s78. Diogo Villarinho também nadou a prova e terminou em sexto lugar com 8min03s17.

Revezamento 4x100m medley misto – Foto: Katarine Monteiro/Swim Channel

A surpresa do ouro
O revezamento 4×100m medley misto do Brasil venceu a prova após a desclassificação dos Estados Unidos. Os americanos, que teriam vencido a prova, foram desclassificados por uma pernada dupla na filipina de virada de Cody Miller. Mesmo com protesto formalizado a decisão da organização foi mantida. O tempo do Brasil foi de 3min48s61 e o time foi composto por Guilherme Guido, Giovanna Diamante, João Gomes Jr e Etiene Medeiros. Essa prova foi outra que entrou nesta edição no programa dos Jogos Pan-Americanos. O Canadá ficou em segundo com 3min49s97 e a Argentina em terceiro com 3min50s53.

Os resultados completos da etapa podem ser vistos aqui. Nesta sexta-feira chegamos ao penúltimo dia de eliminatórias e finais. Teremos as provas de: 50m livre feminino e masculino, 400m medley feminino e masculino e as finais dos revezamentos 4x200m livre feminino e masculino. As finais começam às 22h30 (horário de Brasília) com transmissão da Record TV e Sportv.

Tags

Etiene Medeiros Jogos Pan-Americanos Larissa Oliveira Lima-2019 Marelo Chierighini natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas