Dossiê Kazan: as provas de borboleta

30/07/2015

Facebook Twitter

50m borboleta feminino
Em Mundiais: desde 2001
Quem venceu mais de uma vez: Inge de Bruin, NED (2001 e 2003)
Melhores resultados do Brasil:
Daynara de Paula, 8º em 2009
Daynara de Paula, 10º em 2011
Gabriella Silva, 13º em 2009
Ivi Monteiro, 34º em 2003
Daynara de Paula, 20º em 2013
Não houve mais participações
Brasileiras em Kazan: Daynara de Paula

A sueca Sarah Sjostrom obteve um resultado inacreditável no ano passado, com um recorde mundial que lhe daria a quarta posição na Olimpíada de 2012 nos 50m livre. Não só é a única da história a nadar para 24s, como faz bem abaixo disso, e já abaixou de 25s quatro vezes. Não deve ter adversárias, ainda mais que sua concorrente mais próxima, a atual campeã mundial Jeanette Ottesen, não nadará o mundial devido a uma fratura no dedo após um bizarro incidente no trânsito. A britânica Francesca Halsall, bronze no Europeu de 2014 atrás das duas, tem demonstrado velocidade também no livre e brigará pelo pódio. A holandesa Inge Dekker, bronze em 2013 e no mundial de curta de 2014, já esteve em melhor fase e aposta as fichas nessa prova. A chinesa Lu Ying também esteve no pódio em 2013 e é medalhista olímpica, por isso não pode ser desprezada. Assim como a holandesa Ranomi Kromowidjojo, que pode ser aproveitar de sua saída fantástica. A bahamenha Ariana Vanderpool-Wallace pode surpreender. Daynara de Paula mostrou velocidade no Pan (teve uma passagem fortíssima nos 100m). Para repetir a final de 2009 terá que se apeoximar de seu recorde sul-americano da época dos trajes, ou ao menos nadar abaixo de 26s, o que ela ainda não conseguiu sem trajes.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadoras que irão nadar em Kazan)

  • 24.43 Sarah Sjostrom, SWE
  • 25.20 Francesca Halsall, GBR
  • 25.53 Arianna Vanderpool-Wallace, BAH
  • 25.55 Inge Dekker, NED
  • 25.72 Ying Lu, CHN
  • 25.78 Silvia Di Pietro, ITA
  • 25.86 Ranomi Kromowidjojo, NED
  • 25.92 Beryl Gastaldello, FRA
  • 25.99 Emma McKeon, AUS
  • 25.99 Kendyl Stewart, USA

Top 10 All Time

  • 24.43 Sarah Sjostrom, SWE (2014)
  • 25.07 Therese Alshammar, SWE (2009)
  • 25.20 Francesca Halsall, GBR (2014)
  • 25.24 Jeanette Ottesen-Gray, DEN (2013)
  • 25.28 Marleen Veldhuis, NED (2009)
  • 25.42 Ying Lu, CHN (2013)
  • 25.48 Marieke Guehrer, AUS (2009)
  • 25.48 Jeanette Ottesen, DEN (2015)
  • 25.50 Dara Torres, USA (2009)
  • 25.53 Ingvild Snildal, NOR (2009)

Recordes
Mundial: Sarah Sjostrom, SWE – 24.43 (2014)
Camp. Mundial: Therese Alshammar, SWE – 25.07 (2009)
Sul-americano: Daynara de Paula, BRA – 25.85 (2009)
Brasileiro: Daynara de Paula, BRA – 25.85 (2009)
Norte-americano: Dara Torres, USA – 25.50 (2009)
Europeu: Sarah Sjostrom, SWE – 24.43 (2014)
Oceania: Marieke Guehrer, AUS – 25.48 (2009)
Asiático: Ying Lu, CHN – 25.42 (2013)
Africano: Farida Osman, EGY – 26.08 (2015)

50m borboleta masculino
Em Mundiais: desde 2001
Quem venceu mais de uma vez: Roland Schoeman, RSA (2005 e 2007), Cesar Cielo, BRA (2011 e 2013)
Melhores resultados do Brasil:
Cesar Cielo, 1º em 2011
Cesar Cielo, 1º em 2013
Nicholas Santos, 4º em 2013
Fernando Scherer, 5º em 2005
Nicholas Santos, 5º em 2009
Fernando Scherer, 8º em 2003
Kaio Márcio, 17º em 2005
Kaio Márcio, 20º em 2009
Nicholas Santos, 28º em 2001
Brasileiros em Barcelona (índice A da FINA): Nicholas Santos e Cesar Cielo

Como sempre, a prova deve ser dominada não exatamente por especialistas no borboleta, mas por velocistas que também se destacam no livre. O maior nome é Cesar Cielo, atual bicampeão mundial e que costuma brilhar na hora certa – tanto que, em suas duas conquistas, piorou seu tempo da temporada na final da prova, mas fez o suficiente para vencer. Nicholas Santos espera desde 2013 por um final feliz. Na ocasião, fez na semifinal um tempo que lhe daria o ouro, mas terminou na quarta posição. É o mais regular dos favoritos e desde 2012 nada abaixo de 23s em todas as temporadas. Em 2015, os brasileiros dominam o ranking mundial até a terceira posição – Henrique Martins, que não nadará o mundial, fez uma grande marca na Universíade. No ano passado, apenas o ucraniano Andrii Govorov nadou mais rápido que os brasileiros, com 22s87 em plena eliminatória do Europeu, e terminando apenas com o bronze na final. À sua frente terminaram empatados o francês Florent Manaudou e o bielo-russo Yauhen Tsurkin, e empatado com ele o britânico Benjamin Proud, todos com chances. Manaudou não tem um grande nado e tudo depende de sua saída, que vem sendo espetacular. O sul-africano Chad le Clos, campeão mundial de curta, pode incomodar – ele e Tsurkin talvez sejam os únicos cotados nos 100m borboleta com chances de pódio na prova mais veloz.

Ranking Top 10 2013 (somente nadadores que irão nadar em Barcelona)

  • 22.87 Andrii Govorov, UKR
  • 22.90 Nicholas Santos, BRA
  • 22.91 Cesar Cielo, BRA
  • 22.93 Benjamin Proud, GBR
  • 23.00 Florent Manaudou, FRA
  • 23.00 Yauhen Tsurkin, BLR
  • 23.07 Roland Schoeman, RSA
  • 23.23 Steffen Deibler, GER
  • 23.24 Rafael Munoz, ESP
  • 23.28 Evgeny Sedov, RUS

Top 10 All Time

  1. 22.43 Rafael Munoz, ESP (2009)
  2. 22.67 Milorad Cavic, SRB (2009)
  3. 22.73 Matthew Targett, AUS (2009)
  4. 22.76 Cesar Cielo, BRA (2012)
  5. 22.79 Nicholas Santos, BRA (2012)
  6. 22.84 Frederick Bousquet, FRA (2009)
  7. 22.87 Andrii Govorov, UKR (2014)
  8. 22.90 Roland Schoeman, RSA (2009)
  9. 22.90 Yauhen Tsurkin, BLR (2013)
  10. 22.93 Jakob Andkjar, DEN (2009)

Recordes
Mundial: Rafael Munoz, ESP – 22.43 (2009)
Camp. Mundial: Milorad Cavic, SRB – 22.67 (2009)
Sul-americano: Cesar Cielo, BRA – 22.76 (2012)
Brasileiro: Cesar Cielo, BRA – 22.76 (2012)
Norte-americano: Eugene Godsoe, USA – 23.05 (2013)
Europeu: Rafael Munoz, ESP – 22.43 (2009)
Oceania: Matthew Targett, AUS – 22.73 (2009)
Asiático: Hexin Yu, CHN – 23.37 (2015)
Africano: Roland Schoeman, RSA – 22.90 (2009)

 

 

100m borboleta feminino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Kornelia Ender, GDR (1973 e 1975), Jenny Thompson, USA (1998 e 2003)
Melhores resultados do Brasil:
Gabriella Silva, 5º em 2009
Daynara de Paula, 12º em 2009
Daynara de Paula, 15º em 2013
Rosemary Peres Ribeiro, 16º em 1975
Rosemary Peres Ribeiro, 18º em 1973
Flávia Nadalutti, 18º em 1975
Daynara de Paula, 21º em 2011
Paula Amorim, 24º em 1982
Brasileiras em Kazan: Daynara de Paula

Novamente o esperado duelo entre Sarah Sjostrom e Jeanette Ottesen não irá acontecer, pela ausência da dinamarquesa. Favoritismo absoluto para a sueca, que, apesar de não ter nos 100m um tempo à altura de seu recorde mundial nos 50m, ficou a seis centésimos do recorde da americana Dana Vollmer no ano passado, e ela vai em busca da marca que era sua antes de Vollmer. O clube dos 56s é fechado pela jovem chinesa Chen Xinyi, surpresa nos Jogos Asiáticos, nos quais destroçou o recorde mundial junior que já era dela. A outra representante chinesa é Lu Ying, simplesmente a vice-campeã olímpica da prova, mas que anda um pouco aquém de seus melhores dias. As australianas Emma McKeon e Madeline Groves deixaram de fora a atual vice-campeã mundial Alicia Coutts e estão no bolo na briga pelo pódio, assim como a canadense Katerine Savard, que passou por cima do Pan com vistas ao Mundial. Sem a recordista mundial Daana Vollmer, as americanas estão um pouco defasadas, ainda mais que a melhor nadadora, Kelsi Worrell, não irá nadar – foi selecionada para a seleção B que foi ao Pan de Toronto, cortesia do questionável sistema de seleção americano, realizado um ano antes das competições desta temporada. Daynara de Paula fez seu segundo melhor tempo sem trajes no fim do ano passado (58s36) e talvez essa marca seja suficiente para uma semifinal. Para final, é abaixo de 58s.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadoras que irão nadar em Kazan)

  • 56.04 Sarah Sjostrom, SWE
  • 56.61 Xinyi Chen, CHN
  • 57.27 Katerine Savard, CAN
  • 57.31 Emma McKeon, AUS
  • 57.32 Inge Dekker, NED
  • 57.43 Madeline Groves, AUS
  • 57.45 Siobhan-Marie O’Connor, GBR
  • 57.67 Liliana Szilagyi, HUN
  • 57.71 Ilaria Bianchi, ITA
  • 57.71 Rachael Kelly, GBR

Top 10 All Time

  1. 55.98 Dana Vollmer, USA (2012)
  2. 56.04 Sarah Sjostrom, SWE (2015)
  3. 56.07 Zige Liu, CHN (2009)
  4. 56.23 Jessicah Schipper, AUS (2009)
  5. 56.51 Jeanette Ottesen, DEN (2014)
  6. 56.61 Inge de Bruijn, NED (2000)
  7. 56.61 Xinyi Chen, CHN (2014)
  8. 56.69 Marleen Veldhuis, NED (2009)
  9. 56.73 Lisbeth Trickett, AUS (2008)
  10. 56.85 Alicia Coutts, AUS (2012)

Recordes
Mundial: Dana Vollmer, USA – 55.98 (2012)
Camp. Mundial: Sarah Sjostrom, SWE – 56.06 (2009)
Sul-americano: Gabriella Silva, BRA – 56.94 (2009)
Brasileiro: Gabriella Silva, BRA – 56.94 (2009)
Norte-americano: Dana Vollmer, USA – 55.98 (2012)
Europeu: Sarah Sjostrom, SWE – 56.04 (2015)
Oceania: Jessicah Schipper, AUS – 56.23 (2009)
Asiático: Zige Liu, CHN – 56.07 (2009)
Africano: Lize-M. Retief, RSA – 58.20 (2008)

100m borboleta masculino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Michael Phelps, USA (2007, 2009, 2011), Ian Crocker, USA (2003 e 2005)
Melhores resultados do Brasil:
Kaio Márcio Almeida, 7º em 2005
Gabriel Mangabeira, 8º em 2009
Gabriel Mangabeira, 13º em 2005
Thiago Pereira, 15º em 2013
Gabriel Mangabeira, 17º em 2007
Eduardo Alijo Netto, 19º em 1973
Brasileiros em Kazan: Nenhum

Uma prova que espera desesperadamente por evolução. Desde Michael Phelps na Olimpíada de Londres, ninguém abaixa de 51 segundos. E pensar que Ian Crocker nadou para 50s98 em 2003… A perspectiva não indica progresso, ainda mais que Phelps, líder do ranking mundial no ano passado, não irá nadar devido a uma suspensão imposta pela federação americana por ter sido flagrado dirigindo embriagado. Depois de Phelps, os mais rápidos em 2014 foram seu compatriota Tom Shields e o sul-africano Chad le Clos, campeão mundial em 2013. Le Clos tem uma capacidade de decisão impressionante e dificilmente perde uma prova se estiver na briga no final. Shields sentiu isso na pele ao perder o ouro no mundial de curta, no final do ano passado. O polonês Konrad Czerniak, prata no mundial de 2011 e bronze em 2013, pretende voltar ao pódio, mostrou trabalho ao vencer o Europeu do ano passado e lidera o ranking mundial de 2015. O húngaro Laszlo Cseh mostrou em 2013 uma faceta pouco conhecida de velocista (sempre se deu melhor nos 200m) e ficou com a prata em Barcelona, assim como no Europeu de 2014, e estará na briga. Difícil apontar mais algum destaque, pois há um batalhão no bolo do 51s médio. Pelo que nadaram este ano, o bielo-russso Yauhen Tsurkin e o russo Evgeny Koptelov estão em boa forma e podem surpreender.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadores que irão nadar em Kazan)

  1. 51.29 Tom Shields, USA
  2. 51.29 Chad Le Clos, RSA
  3. 51.37 Konrad Czerniak, POL
  4. 51.44 Yauhen Tsurkin, BLR
  5. 51.49 Tim Phillips, USA
  6. 51.50 Evgeny Koptelov, RUS
  7. 51.57 Pavel Sankovich, BLR
  8. 51.60 Viacheslav Prudnikov, RUS
  9. 51.69 Joseph Schooling, SIN
  10. 51.69 Piero Codia, ITA

Top 10 All Time

  1. 49.82 Michael Phelps, USA (2009)
  2. 49.95 Milorad Cavic, SRB (2009)
  3. 50.40 Ian Crocker, USA (2005)
  4. 50.41 Rafael Munoz, ESP (2009)
  5. 50.65 Albert Subirats, VEN (2009)
  6. 50.78 Jason Dunford, KEN (2009)
  7. 50.85 Andrew Lauterstein, AUS (2009)
  8. 50.90 Tyler McGill, USA (2009)
  9. 51.00 Kohei Kawamoto, JPN (2009)
  10. 51.02 Gabriel Mangabeira, BRA (2009)

Recordes
Mundial: Michael Phelps, USA – 49.82 (2009)
Camp. Mundial: Michael Phelps, USA – 49.82 (2009)
Sul-americano: Albert Subirats, VEN – 50.65 (2009)
Brasileiro: Gabriel Mangabeira, BRA – 51.02 (2009)
Norte-americano: Michael Phelps, USA – 49.82 (2009)
Europeu: Milorad Cavic, SRB – 49.95 (2009)
Oceania: Andrew Lauterstein, AUS – 50.85 (2009)
Asiático: Kohei Kawamoto, JPN – 51.00 (2009)
Africano: Jason Dunford, KEN – 50.78 (2009)

 

200m borboleta feminino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Rosemarie Kother, GDR (1973 e 1975), Otylia Jedrzejczak, POL (2003 e 2005), Jessicah Schipper, AUS (2007 e 2009)
Melhores resultados do Brasil:
Rosemary Ribeiro, 16º em 1975
Joanna Maranhão, 16º em 2013
Joanna Maranhão, 20º em 2009
Daniela Lavagnino, 22º em 1986
Flávia Nadalutti, 23º em 1975
Paula Amorim, 27º em 1986
Brasileiras em Kazan: Joanna Maranhão

Prova seriamente desfalcada, com as atuais campeã e vice fora da prova. A chinesa Liu Zige, vencedora em 2013, teve naquela performance seu último suspiro, após o título olímpico em 2008 e o recorde mundial em 2009. Difícil saber se ela ainda continua nadando, mas não aparece no ranking mundial e não estará em Kazan. Mais informações temos da espanhola Mireia Belmonte, que teve um grande mundial de curta no ano passado, mas com um problema no ombro prefiriu abdicar do mundial deste ano. A húngara Katinka Hosszu, bronze em 2013, brigará por medalhas, se suportar seu pesado programa de provas. De qualquer forma abrem-se as portas para novos nomes. A alemã Franziska Hentke bateu o recorde nacional no ano passado por um segundo, foi bronze no mundial de curta e é a única esperança de medalha no feminino para seu país, a primeira após a aposentadoria de Britta Steffen em 2012. A australiana Madeline Groves ultrapassou uma marca história de seu país, o tempo que deu a Susie O’Neill o recorde mundial em 2000, e espera melhorar seu psicológico do ano passado, em que chegou como uma das favoritas no Pan-Pacífico mas piorou quatro segundos de seu tempo na ocasião. A única medalhista olímpica na prova, a japonesa Natsumi Hoshi, bronze em Londres, é candidata – a campeã, a chinesa Liuyang Jiao, está fora por problema de saúe. A americana Camille Adamns foi finalista olímpica e mundial e após a vitória no Pan-Pacífico no ano passado espera desencantar em nível mundial. Joanna Maranhão acabou de superar o recorde sul-americano no Pan de Toronto e com a marca pode repetir a semfiinal de 2013, mas uma colocação melhor que o 16º lugar de dois anos atrás é bem provável. Em grande fase, se baixar para 2min08s pode até sonhar com final.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadoras que irão nadar em Kazan)

  1. 2:05.26 Franziska Hentke, GER
  2. 2:05.41 Madeline Groves, AUS
  3. 2:05.98 Natsumi Hoshi, JPN
  4. 2:06.59 Liliana Szilagyi, HUN
  5. 2:06.60 Brianna Throssell, AUS
  6. 2:06.61 Cammile Adams, USA
  7. 2:06.66 Judit Ignacio Sorribes, ESP
  8. 2:07.08 Katie McLaughlin, USA
  9. 2:07.28 Katinka Hosszu, HUN
  10. 2:07.61 Audrey Lacroix, CAN

Top 10 All Time

  1. 2:01.81 Zige Liu, CHN (2009)
  2. 2:03.41 Jessicah Schipper, AUS (2009)
  3. 2:04.06 Liuyang Jiao, CHN (2012)
  4. 2:04.14 Mary Descenza/Mohler, USA (2009)
  5. 2:04.27 Katinka Hosszu, HUN (2009)
  6. 2:04.69 Natsumi Hoshi, JPN (2012)
  7. 2:04.78 Mireia Belmonte, ESP (2013)
  8. 2:04.83 Ellen Gandy, GBR (2009)
  9. 2:05.09 Aurore Mongel, FRA (2009)
  10. 2:05.26 Franziska Hentke, GER (2015)

 

Recordes
Mundial: Zige Liu, CHN – 2:01.81 (2009)
Camp. Mundial: Jessicah Schipper, AUS – 2:03.41 (2009)
Sul-americano: Joanna Maranhao, BRA – 2:09.38 (2015)
Brasileiro: Joanna Maranhao, BRA – 2:09.38 (2015)
Norte-americano: Mary Descenza/Mohler, USA – 2:04.14 (2009)
Europeu: Katinka Hosszu, HUN – 2:04.27 (2009)
Oceania: Jessicah Schipper, AUS – 2:03.41 (2009)
Asiático: Zige Liu, CHN – 2:01.81 (2009)
Africano: Kathryn Meaklim, RSA – 2:09.41 (2008)

>strong>200m borboleta masculino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Michael Phelps, USA (2001, 2003, 2007, 2009 e 2011), Michael Gross, FRG (1982 e 1986)
Melhores resultados do Brasil:
Ricardo Prado, 4º em 1982
Kaio Márcio Almeida, 4º em 2009
Leonardo de Deus, 8º em 2013
Kaio Márcio Almeida, 10º em 2011
Kaio Márcio Almeida, 13º em 2003
Leonardo de Deus, 13º em 2011
Kaio Márcio Almeida, 14º em 2005
Carlos Fontoura, 16º em 1978
Lucas Salatta, 16º em 2009
Brasileiros em Kazan: Leonardo de Deus

O japonês Daiya Seto, atual campeão mundial dos 200m medley, liderou com certa folga o ranking mundial do ano passado e também lidera este ano. Poderia ser considerado o favorito, mas ele não topou com o campeão olímpico e mundial Chad le Clos em nenhuma competição importante em piscina longa. O sul-africano é difícil de bater e mostrou isso diversas ocasiões, inclusive no mundial de 2013 em que não estava no auge da forma. Pelo que mostrou na temporada de piscina curta no fim de 2014, na qual não perdeu nenhuma prova nas etapas da Copa do Mundo e no Mundial, está de volta ao auge. Mas a briga por medalhas está aberta. Conta inclusive com Leonardo de Deus. Ao fazer seu melhor tempo no Pan de Toronto, se aproximou ainda mais do pódio, mas será necessário 1min54s para chegar lá, algo totalmente possível. Na frente dele, estão o russo Evgeny Koptelov e os húngaros Laszlo Cseh e Tamas Kendersi. Mas este último, doente, não nada. Cseh, por outro lado, é medalhsita olímpico na prova e sempre perigoso em tudo que nada. O polonês Pawel Korzeniowski, campeão mundial no distante mundial de 2005, está sempre chegando e foi prata no Mundial de 2013, exatamente com o mesmo tempo de Leonardo este ano. Outro que merece atenção e pode surpreender é o atual campeão europeu, o dinamarquês Viktor Bromer. Os americanos dependeram por anos de Michael Phelps e à exceção do maior nadador da história a última vez que o país medalhou foi no distante ano de 2003. Tom Shields e Tyler Clary terão que se superar muito para fazer os ianques voltarem ao pódio.

Ranking Top 10 2013 (somente nadadores que irão nadar em Barcelona)

  1. 1:54.08 Daiya Seto, JPN
  2. 1:54.56 Chad Le Clos, RSA
  3. 1:54.79 Evgeny Koptelov, RUS
  4. 1:54.90 Laszlo Cseh, HUN
  5. 1:55.01 Leonardo de Deus, BRA
  6. 1:55.08 Masato Sakai, JPN
  7. 1:55.09 Tom Shields, USA
  8. 1:55.23 Jan Switkowski, POL
  9. 1:55.27 Kenta Hirai, JPN

Top 10 All Time

  1. 1:51.51 Michael Phelps, USA (2009)
  2. 1:52.70 Laszlo Cseh, HUN (2008)
  3. 1:52.96 Chad Le Clos, RSA (2012)
  4. 1:52.97 Takeshi Matsuda, JPN (2008)
  5. 1:53.23 Pawel Korzeniowski, POL (2009)
  6. 1:53.64 Scott Tyler Clary, USA (2009)
  7. 1:53.86 William G Stovall, USA (2008)
  8. 1:53.92 Kaio Almeida, BRA (2009)
  9. 1:54.08 Daiya Seto, JPN (2014)
  10. 1:54.15 Moss Burmester, NZL (2009)

Recordes
Mundial: Michael Phelps, USA – 1:51.51 (2009)
Camp. Mundial: Michael Phelps, USA – 1:51.51 (2009)
Sul-americano: Kaio Almeida, BRA – 1:53.92 (2009)
Brasileiro: Kaio Almeida, BRA – 1:53.92 (2009)
Norte-americano: Michael Phelps, USA – 1:51.51 (2009)
Europeu: Laszlo Cseh, HUN – 1:52.70 (2008)
Oceania: Moss Burmester, NZL – 1:54.15 (2009)
Asiático: Takeshi Matsuda, JPN – 1:52.97 (2008)
Africano: Chad Le Clos, RSA – 1:52.96 (2012)

Por Daniel Takata

A equipe Swim Channel no Mundial de Kazan é patrocinada pela Finis, a melhor tecnologia para natação.

Tags

100m borboleta 200m borboleta 50m borboleta Campeonato Mundial Dossiê Swim Channel Kazan-2015