Dossiê Kazan: as provas de medley

31/07/2015

Facebook Twitter

200m medley feminino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Katie Hoff, USA (2005 e 2007)
Melhores resultados do Brasil:
Joanna Maranhão, 10º em 2005
Joanna Maranhão, 12º em 2009
Flávia Nadalutti, 19º em 1978
Maria Izabel Guerra, 21º em 1973
Joanna Maranhão, 24º em 2003
Brasileiras em Kazan: Joanna Maranhão

No batalhão nosso de provas de cada dia, é no medley que a húngara Katinka Hosszu tem suas melhores chances. Na prova mais curta, ganhou todas as principais competições desde 2013 (mundiais de curta e longa e europeu). Apesar de não nadar abaixo de 2min08s desde 2013, ninguém nadou mais rápido que ela nesse período pós Jogos Olímpicos de Londres. Com seu incrível recorde de 2min01s86 na curta, ela tem potencial até para ameaçar o recorde mundial, um dos mais incríveis da era dos trajes tecnológicos. A campeã olímpica Ye Shiwen, da China, voltou a nadar bem no ano passado após um mundial de 2013 difícil. É jovem e tem um final de prova matador. A britânica Siobhan-Marie O’Connor brilhou nos Jogos da Comnunidade Britânica no ano passado e é tão versátil quanto Hosszu: nada provas de livre, borboleta e peito em nível internacional. Em 2015, quem aparece bem no ranking é a japonesa Kanako Watanabe, mais conhecida pelas provas do nado de peito. Mas será preciso muito melhor que seu 2min09s alto para brigar pelo pódio. As americanas Maya DiRado, campeã do Pan-Pacífico, e Melanie Margalis, bronze no Mundial de curta, também sabem disso e brigarão por tempos melhores. Joanna Maranhão fez sua melhor marca sem trajes no Pan de Toronto, e em boa fase pode continuar a evoluir e conseguir vários feitos: superar seu recorde sul-americano de seis anos, quebrar a barreira de 2min12s e com isso chegar a uma semifinal – final, é 2min11s baixo ou 2min10s, Dois desfalques importantes: as medalhistas de prata e bronze no último mundial, a australiana Alicia Coutts, que não se classificou, e a espanhola Mireia Belmonte, contundida.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadoras que irão nadar em Kazan)

  1. 2:08.11 Katinka Hosszu, HUN
  2. 2:08.21 Siobhan-Marie O’Connor, GBR
  3. 2:08.94 Shiwen Ye, CHN
  4. 2:09.81 Kanako Watanabe, JPN
  5. 2:09.93 Maya DiRado, USA
  6. 2:10.20 Melanie Margalis, USA
  7. 2:10.22 Min Zhou, CHN
  8. 2:10.74 Hannah Miley, GBR
  9. 2:11.32 Zsuzsanna Jakabos, HUN
  10. 2:11.90 Sydney Pickrem, CAN

Top 10 All Time

  1. 2:06.15 Ariana Kukors, USA (2009)
  2. 2:07.03 Stephanie Rice, AUS (2009)
  3. 2:07.46 Katinka Hosszu, HUN (2009)
  4. 2:07.57 Shiwen Ye, CHN (2012)
  5. 2:08.15 Alicia Coutts, AUS (2012)
  6. 2:08.21 Siobhan-Marie O’Connor, GBR (2014)
  7. 2:08.32 Hui Qi, CHN (2009)
  8. 2:08.59 Kirsty Coventry, ZIM (2008)
  9. 2:08.95 Caitlin Leverenz, USA (2012)
  10. 2:09.34 Julia Smit, USA (2009)

Recordes

Mundial: Ariana Kukors, USA – 2:06.15 (2009)
Camp. Mundial: Ariana Kukors, USA – 2:06.15 (2009)
Sul-americano: Joanna Maranhao, BRA – 2:12.12 (2009)
Brasileiro: Joanna Maranhao, BRA – 2:12.12 (2009)
Norte-americano: Ariana Kukors, USA – 2:06.15 (2009)
Europeu: Katinka Hosszu, HUN – 2:07.46 (2009)
Oceania: Stephanie Rice, AUS – 2:07.03 (2009)
Asiático: Shiwen Ye, CHN – 2:07.57 (2012)
Africano: Kirsty Coventry, ZIM – 2:08.59 (2008)

200m medley masculino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Michael Phelps, USA (2003, 2005 e 2007), Tamas Darnyi, HUN (1986 e 1991), Ryan Lochte, USA (2009, 2011 e 2013)
Melhores resultados do Brasil:
Thiago Pereira, 3º em 2013
Thiago Pereira, 4º em 2007
Thiago Pereira, 4º em 2009
Thiago Pereira, 6º em 2011
Ricardo Prado, 8º em 1982
Henrique Rodrigues, 10º em 2013
Henrique Rodrigues, 14º em 2011
Henrique Rodrigues, 15º em 2009
Thiago Pereira, 18º em 2003
A. Rocha, 20º em 1973
Brasileiros em Kazan: Henrique Rodrigues e Thiago Pereira

Vencedor do Pan-Pacífico e do mundial de curta e líder do ranking mundial deste ano e do ano passado, o japonês Kosuke Hagino, pela forma atual, é a maior ausência da prova, devido a uma contusão. Outra ausência sentida é a de Michael Phelps, campeão mundial em 2003, 2005 e 2007, suspenso pela federação americana por ter sido flagrado dirigindo embriagado. Para Ryan Lochte, é a chance de conquistar o tetracampeonato e entrar em um grupo seleto do qual fazem parte apenas Phelps, Grant Hackett e Aaron Peirson (Cesar Cielo também pode entrar nos 50m livre). Ficou longe do seu melhor tempo no ano passado, mas mesmo assim ficou em segundo no ranking. Se voltar a nadar para 1min54s, assim como nos três últimos mundiais, leva com facilidade. Mas é improvável que isso aconteça. Talvez nade para 1min55s, e ainda assim é favorito. O japonês Daiya Seto foi bronze no Pan-Pacífico e melhorou ainda mais esse ano, entrando na casa do 1min56s. Sempre foi melhor nas provas de resistência (400m medley e 200m borboleta), mas entrou de vez na briga aqui também. Bem perto dele estão os brasileiros Henrique Rodrigues e Thiago Pereira. Para Henrique, uma chance e tanto de se redimir de 2013, quando também chegou entre os melhores do ranking e ficou na semifinal. Agora, mais experiente, tem mais chances do que nunca. Thiago busca melhorar o bronze de dois anos atrás, em que perdeu a prata por um centésimo para Hagino. Não é impossível dois brasileiros no pódio. O húngaro Laszlo Cseh, bronze olímpico, não nadou rápido nos últimos dois anos, mas é sempre perigoso. A não ser que alguém melhore horrores, a lista de pretendentes se encerra com o americano Conor Dwyer.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadores que irão nadar em Kazan)

  1. 1:56.02 Ryan Lochte, USA
  2. 1:56.82 Daiya Seto, JPN
  3. 1:57.06 Henrique Rodrigues, BRA
  4. 1:57.23 Thiago Pereira, BRA
  5. 1:57.66 Daniel Tranter, AUS
  6. 1:57.77 Hiromasa Fujimori, JPN
  7. 1:57.79 Roberto Pavoni, GBR
  8. 1:57.88 Thomas Fraser-Holmes, AUS
  9. 1:57.94 Chad Le Clos, RSA
  10. 1:57.94 Tyler Clary, USA

Top 10 All Time

  1. 1:54.00 Ryan Lochte, USA (2011)
  2. 1:54.16 Michael Phelps, USA (2011)
  3. 1:55.18 Laszlo Cseh, HUN (2009)
  4. 1:55.33 Kosuke Hagino, JPN (2014)
  5. 1:55.36 Eric Shanteau, USA (2009)
  6. 1:55.55 Thiago Pereira, BRA (2009)
  7. 1:56.69 Leith Brodie, AUS (2009)
  8. 1:56.82 Daiya Seto, JPN (2015)
  9. 1:56.86 Shun Wang, CHN (2013)
  10. 1:57.03 Darian Townsend, RSA (2009)

Recordes
Mundial: Ryan Lochte, USA – 1:54.00 (2011)
Camp. Mundial: Ryan Lochte, USA – 1:54.00 (2011)
Sul-americano: Thiago Pereira, BRA – 1:55.55 (2009)
Brasileiro: Thiago Pereira, BRA – 1:55.55 (2009)
Norte-americano: Ryan Lochte, USA – 1:54.00 (2011)
Europeu: Laszlo Cseh, HUN – 1:55.18 (2009)
Oceania: Leith Brodie, AUS – 1:56.69 (2009)
Asiático: Kosuke Hagino, JPN – 1:55.33 (2014)
Africano: Darian Townsend, RSA – 1:57.03 (2009)

 

400m medley feminino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Yana Klochkova, UKR (2001 e 2003), Katie Hoff, USA (2005 e 2007), Katinka Hosszu, HUN (2009 e 2013)
Melhores resultados do Brasil:
Flávia Nadalutti, 11º em 1978
Claudia Sprengel, 15º em 1986
Joanna Maranhão, 15º em 2003
Joanna Maranhão, 17º em 2013
Joanna Maranhão, 21º em 2005
Joanna Maranhão, 22º em 2009
Brasileiras em Kazan: Joanna Maranhão

Teoricamente esta seria a melhor prova de Katinka Hosszu, pela sua versatilidade e resistência. Mas, por ser realizada no último dia de competições, ela poderá estar cansada após tantas provas, e, além disso, sua hegemonia nos últimos anos não foi tão grande quanto nos 200m medley. É a atual defensora do título, mas a chinesa Ye Shiwen terminou o ano passado na liderança do ranking. Shiwen voltou a nadar bem e pode voltar aos seus melhores dias, nos quais foi campeã olímpica. Hosszu também não foi absoluta na prova no mundial de curta de 2014, tendo sido derrotada por Mireia Belmonte – que não estará em Kazan por motivo de contusão. Prata olímpica e bronze no mundial de 2013, a americana Elizabeth Beisel vem nadando para 4min31s em todas as temporadas desde 2011 e espera desesperadamente quebrar a barreira. Em 2011 foi suficiente para ouro no Mundial, mas com a evolução ela vem perdendo espaço no pódio, e só uma melhora a fará sonhar com o topo do pódio novamente. A britânica Hannah Miley venceu os Jogos da Comunidade Britânica em 2014 com uma boa marca, encabeça o ranking mundial deste ano atrás somente de Hosszu e pode também puxar sua compatriota Aimee Willmott, bronze no Europeu do ano passado, a um grande resultado. Joanna Maranhão, apesar de finalista olímpica, jamais chegou a final em mundiais. Tendo finalmente melhorado seu recorde brasileiro de 11 anos no Pan de Toronto, ela chega a Kazan com o 12º tempo de balizamento. Talvez uma melhora de um segundo lhe garanta a tão sonhada final, e isso é perfeitamente possível com sua evolução recente.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadoras que irão nadar em Kazan)

  1. 4:30.84 Shiwen Ye, CHN
  2. 4:31.03 Katinka Hosszu, HUN
  3. 4:31.76 Hannah Miley, GBR
  4. 4:31.99 Elizabeth Beisel, USA
  5. 4:33.01 Aimee Willmott, GBR
  6. 4:35.37 Maya DiRado, USA
  7. 4:35.69 Min Zhou, CHN
  8. 4:36.12 Sakiko Shimizu, JPN
  9. 4:36.35 Keryn McMaster, AUS
  10. 4:37.38 Zsuzsanna Jakabos, HUN

Top 10 All Time

  1. 4:28.43 Shiwen Ye, CHN (2012)
  2. 4:29.45 Stephanie Rice, AUS (2008)
  3. 4:29.89 Kirsty Coventry, ZIM (2008)
  4. 4:30.31 Katinka Hosszu, HUN (2009)
  5. 4:30.43 Xuanxu Li, CHN (2009)
  6. 4:30.85 Hui Qi, CHN (2009)
  7. 4:31.12 Kathryn E Hoff, USA (2008)
  8. 4:31.21 Mireia Belmonte, ESP (2013)
  9. 4:31.27 Elizabeth Beisel, USA (2012)
  10. 4:31.33 Hannah Miley, GBR (2009)

Recordes
Mundial: Shiwen Ye, CHN – 4:28.43 (2012)
Camp. Mundial: Katinka Hosszu, HUN – 4:30.31 (2013)
Sul-americano: Georgina Bardach, ARG – 4:37.51 (2004)
Brasileiro: Joanna Maranhao, BRA – 4:38.07 (2015)
Norte-americano: Kathryn E Hoff, USA – 4:31.12 (2008)
Europeu: Katinka Hosszu, HUN – 4:30.31 (2009)
Oceania: Stephanie Rice, AUS – 4:29.45 (2008)
Asiático: Shiwen Ye, CHN – 4:28.43 (2012)
Africano: Kirsty Coventry, ZIM – 4:29.89 (2008)

400m medley masculino
Em Mundiais: desde 1973
Quem venceu mais de uma vez: Andras Hargitay, HUN (1973 e 1975), Tamas Darnyi, HUN (1986 e 1991), Tom Dolan, USA (1994 e 1998), Michael Phelps , USA (2003 e 2007), Ryan Lochte, USA (2009 e 2011)
Melhores resultados do Brasil:
Ricardo Prado, 1º em 1982
Thiago Pereira, 3º em 2013
Thiago Pereira, 4º em 2009
Ricardo Prado, 7º em 1986
Rojer Madruga, 8º em 1982
Renato Ramalho, 15º em 1991
Brasileiros em Kazan: Thiago Pereira e Thiago Simon

Com a ausência de Kosuke Hagino e com Ryan Lochte não nadando mais, a prova está totalmente em aberto. Totalmente. Impossível apontar favoritos até para pódio. Qualquer estratégia diferente significa o ganho ou perda de um ou mais segundos no tempo final (que o diga Hagino em 2013, quando, favorito, passou rasgando e ficou fora do pódio), e por isso é relativo analisar as marcas dos primeiros no ranking. O certo é que a experiência conta, e isso é o que sobra ao americano Tyler Clary, que apesar de toda bagagem ficou fora do pódio em 2013. O japonês Daiya Seto é o atual defensor do título, mas apesar do status ficou fora do pódio no Pan-Pacífico do ano passado, vencido justamente por Clary. Por isso pode-se dizer que não há regra nessa prova. O americano Chase Calisz vem se estabelecendo como nome forte na prova, porém ainda não cumpriu a expectativa da época de promessa de que subiria um nível acima dos adversários. Ao menos vem subindo no pódio das principais competições internacionais. O australiano Thomas Fraser-Holmes é versátil e chegará mais descansado – nada somente as provas de medley, e não as provas de livre em que seria um dos favoritos caso não tivesse decepcionado na seletiva australiana. O britânico Daniel Wallace e o campeão europeu húngaro David Verraszto estão na briga e até pelo ouro. Inclui-se aí também o brasileiro Thiago Pereira, bronze em 2013, caso nade a prova. E outros nadadores podem surpreender, inclusive o brasileiro Thiago Simon. A lista é grande e em uma prova com tantas alternâncias qualquer aposta é um chute no escuro.

Ranking Top 10 2014/2015 (somente nadadores que irão nadar em Kazan)

  1. 4:09.03 Tyler Clary, USA
  2. 4:09.62 Chase Kalisz, USA
  3. 4:10.04 Daiya Seto, JPN
  4. 4:10.49 Chaosheng Huang, CHN
  5. 4:10.55 Thomas Fraser-Holmes, AUS
  6. 4:11.04 Daniel Wallace, GBR
  7. 4:11.28 David Verraszto, HUN
  8. 4:12.24 Roberto Pavoni, GBR
  9. 4:13.09 Sebastien Rousseau, RSA
  10. 4:13.19 Zhixian Yang, CHN

Top 10 All Time

  1. 4:03.84 Michael Phelps, USA (2008)
  2. 4:05.18 Ryan Lochte, USA (2012)
  3. 4:06.16 Laszlo Cseh, HUN (2008)
  4. 4:06.96 Scott Tyler Clary, USA (2009)
  5. 4:07.75 Kosuke Hagino, JPN (2014)
  6. 4:08.69 Daiya Seto, JPN (2013)
  7. 4:08.86 Thiago Pereira, BRA (2009)
  8. 4:09.10 Shun Wang, CHN (2013)
  9. 4:09.22 Chase Kalisz, USA (2013)
  10. 4:09.88 Luca Marin, ITA (2007)

Recordes
Mundial: Michael Phelps, USA – 4:03.84 (2008)
Camp. Mundial: Michael Phelps, USA – 4:06.22 (2007)
Sul-americano: Thiago Pereira, BRA – 4:08.86 (2009 e 2012)
Brasileiro: Thiago Pereira, BRA – 4:08.86 (2009 e 2012)
Norte-americano: Michael Phelps, USA – 4:03.84 (2008)
Europeu: Laszlo Cseh, HUN – 4:06.16 (2008)
Oceania: Thomas Fraser-Holmes, AUS – 4:10.14 (2013)
Asiático: Kosuke Hagino, JPN – 4:07.75 (2014)
Africano: Oussama Mellouli, TUN – 4:10.53 (2009)

Por Daniel Takata

A equipe Swim Channel no Mundial de Kazan é patrocinada pela Finis, a melhor tecnologia para natação.

Tags

200m medley 400m medley Campeonato Mundial Dossiê Swim Channel Kazan-2015