Equipes amazonenses completam a Travessia do Leme ao Pontal

As duas equipes de revezamento completaram no último sábado (8) a ultramaratona aquática de 35 km no Rio de Janeiro

10/09/2018 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Foto: Satiro Sodré/SSPress

Foto: Satiro Sodré/SSPress

Duas equipes de revezamento de Manaus se aventuraram e completaram o Desafio do Leme ao Pontal no último sábado (8), no Rio de Janeiro. As equipes Bodó Ticado e Jaraqui Elétrico formados por seis nadadores cada nadaram os 35 km de uma das provas mais desafiadoras e bonitas do Brasil. As equipes têm nomes dos peixes nobres da região do Amazonas. O Bodó é um dos peixes de água doce mais ricos da região norte e o Jaraqui um dos mais saborosos.

O “Bodó Ticado”, da Aquática Amazonas, formado por Nilson Monteiro, Marcelo Fonseca, Elthon Picanço, Giussepe Moroni, Jucimar Brito e Vitor Gadelha completou a prova em 8h23min, estabelecendo novo recorde na modalidade revezamento masculino com neoprene batendo a marca do time Nautilus 60 Mais.

As duas equipes amazonenses – Foto: Divulgação

“Fazendo história nadando o Desafio do Leme ao Pontal em 2016 na modalidade solo e em 2018 em revezamento, sendo o segundo atleta a ter feito as duas modalidades. Só tenho a agradecer a equipe pela oportunidade e todos que me apoiam nos demais desafios”, contou Vitor Gadelha, membro da equipe recordista.

A equipe “Jaraqui Elétrico”, composta por Dissica Calderaro, Daniel Damasceno, Yuri Sasai, José Airton, Rogério Airoldi e Cíntia Airoldi, completou a prova em 9h37.

Vitor Gadelha já nadou a prova duas vezes – Foto: Arquivo pessoal

A ultramaratona do Leme ao Pontal pode ser considerada uma das mais desafiadoras do país. A largada, que acontece sempre de madrugada, faz com que os atletas percorram a maioria do trajeto a noite. A navegação noturna e a longa distância costumam ser um dos obstáculos para eles que precisam estar muito preparados para a prova. A largada das equipes do Amazonas, por exemplo,  aconteceu às 00h04.

Para mais informações sobre o feito das equipes na Travessia do Leme ao Pontal, clique AQUI.

Tags

Águas abertas natacao Rio de Janeiro Travessia do Leme ao Pontal Vitor Gadelha

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas