Govorov: de azarão a medalhista?

12/08/2016

Facebook Twitter

O velocista ucraniano Andrii Govorov – Foto Matt Slocum/AP

Os 50m livre é talvez o evento mais esperados do programa olímpico da natação. É também uma prova onde nos acostumamos a ver surpresas e novas estrelas nascerem. Em Sydney-2000 o jovem Anthony Ervin foi campeão dividindo o ouro com Gary Hall Jr, em Atenas-2004 tivemos a prata do croata Duje Draganja e em Londres-2012 a vitória de Florent Manaudou que melhorou impressionantemente seu tempo naquela competição. Este ano um jovem de 24 anos se candidata para ocupar esse posto histórico de revelações: Andrii Govorov.

Treinado pelo brasileiro Arilson Silva, esse velocista ucraniano explodiu de vez a partir deste ano. Nos 50m borboleta, uma de suas especialidades, venceu o Campeonato Europeu de Londres com 22s73, marca que o coloca como o homem mais rápido da história da prova na era pós-trajes tecnológicos. Já nos 50m livre, sua única prova no Rio-2016, ele vem tendo uma regularidade impressionante. Nesta temporada já são até o momento cinco vezes nadando abaixo dos 22 segundos na distância. Nas eliminatórias desses Jogos Olímpicos ele liderou a etapa ao nadar para 21s49, novo recorde nacional. Na semifinal, Govorov melhorou ainda mais ao baixar para 21s46 e melhorar o recorde nacional, se garantindo na decisão com o segundo melhor tempo, atrás apenas de Florent Manaudou.

Govorov e o técnico Ari Soares - Foto: Reprodução

Govorov e o técnico Ari Silva – Foto: Reprodução

Govorov treina desde o começo do ano em São Paulo com Arilson Silva. Eles haviam trabalhado juntos entre 2012 e 2013, quando o técnico brasileiro passou uma temporada na Europa. Depois dessa experiência Ari treinou Cesar Cielo por quase um ano, mas a parceria com velocista acabou antes do Mundial de Kazan ano passado. O treinador brasileiro resolveu reativar a parceria com o ucraniano e vem sendo um dos grandes responsáveis pela evolução do jovem nadador.

Em Londres-2012, ele fez sua estreia olímpica e não passou pelas semifinais nadando para 22s12. Desta vez melhorou quase 70 centésimos e parece estar pronto para evoluir ainda mais nesta sexta-feira. Se no começo do ano Govorov era apenas mais bom nadador cotado para chegar a final, desta vez ele entrará no Estádio Aquático Olímpica como um dos homens a ser batido. Um azarão que poderá se transformar em medalhista olímpico.

por Guilherme Freitas

A equipe Swim Channel na cobertura dos Jogos Rio 2016 é patrocinada pela Mormaii, a maior marca de esportes aquáticos do Brasil

Tags

50m livre Andrii Govorov Jogos Olímpicos natacao Rio-2016