Guilherme Guido dentro e fora d’água

Em entrevista a SWIM CHANNEL, nadador do Pinheiros e da seleção comenta sobre seus projetos fora das piscinas e dos objetivos da carreira

18/02/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Guilherme Guido - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Guilherme Guido - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Aos 3o anos de idade Guilherme Guido vive uma das melhores fases de sua carreira. No último Campeonato Mundial, disputado em Budapeste,  disputou sua primeira final individual nos 100m costas, além de também chegar a final com o revezamento 4x100m medley em Budapeste. Nadando bem ele também vem investindo em negócios fora das piscinas. Ano passado lançou em parceria com o Professor Marcos Ruivo o programa de metodologia aquática Swim & Health e agora esta nos bastidores da organização do campeonato que leva seu nome, mas claro que sem deixar os treinos de lado.

No próximo dia 24 de março na piscina do Clube Gran São João, em Limeira, acontecerá a quarta edição do Campeonato Guilherme Guido. Com arbitragem e inscrições feitas pela Federação Aquática Paulista, o evento visa superar a marca de 700 participantes. As inscrições estão abertas até o dia 20 de março e podem ser feitas no site da FAP aqui. O nadador visitou a SWIM CHANNEL e bateu um papo conosco falando sobre o evento, sua metodologia, a atual fase na carreira e o que espera para os próximos anos dentro da piscina. Confira!

SWIM CHANNEL: Este ano você vai realizar mais uma vez o Campeonato Guilherme Guido na sua cidade natal em Limeira. Qual foi o motivo para a criação deste evento? 

GUILHERME GUIDO: Será o quarto ano que vou promover o campeonato e a ideia é justamente divulgar a natação, além de deixar um legado para a cidade e o esporte brasileiro. Na minha época de garoto lembro que era difícil ter acesso aos nadadores da seleção. Realizando um evento como este as crianças terão mais oportunidades de conhecer seus ídolos.

Cielo e Guido estiveram no evento do ano passado – Foto: Campeonato Guilherme Guido/Reprodução

SWIM CHANNEL: Quantos atletas você espera para esta edição?

GUILHERME GUIDO: Esperamos que supere os números do ano passado quando tivemos mais de 600 nadadores. Com esse crescimento já estamos estudando realizar no futuro o campeonato em dois dias para acomodar melhor a distribuição do programa de provas e promover mais palestras para a molecada.

SWIM CHANNEL: Todo ano você leva a Limeira alguns atletas da seleção, como o Cesar Cielo que lotou a piscina ano passado. Este ano seus convidados são Etiene Medeiros, Poliana Okimoto, Leonardo de Deus e Andre Brasil. Quais serão as funções deles lá?

GUILHERME GUIDO: Cada um vai dar um tiro forte com o placar ligado, uma espécie de tomada de tempo. Poliana e André nadarão os 100m livre, o Leo os 50m borboleta e a Etiene os 50m costas. Todos ficarão por lá tirando fotos e mantendo contato com a molecada. Também haverá um estande na piscina vendendo alguns exemplares da biografia da Poliana.

SWIM CHANNEL: E como você se sente sendo o responsável por criar esse vínculo entre os jovens com atletas já consagrados?

GUILHERME GUIDO: Para mim seria uma grande honra e felicidade ver um garoto ou garota sair do meu campeonato e chegar a seleção brasileira, disputar uma Olimpíada ou superar um recorde importante no futuro. Ou também ver algum jovem saindo da minha metodologia e atingindo esses objetivos. É um sonho pra mim e com certeza terei o sentimento de missão cumprida. Não há escassez de talento o que falta é fazer um bom trabalho para descobrir esses talentos.

 

 

SWIM CHANNEL: E como anda sua metodologia? Pode contar um pouco mais sobre a evolução de seu projeto?

GUILHERME GUIDO: Estamos ampliando nosso programa e ele esta indo muito bem. Já temos novos parceiros e interessados em receber nossa metodologia. Inicialmente começamos com clubes e academias do estado de São Paulo e agora já temos clientes em Curitiba e Macapá. A tendência agora é a gente continuar expandindo nossa ideia e ir atendendo mais jovens e crianças. (Para conferir como funciona a metodologia Guilherme Guido Swim & Health clique aqui).

SWIM CHANNEL: Falando sobre natação competitiva e sua carreira, como você avalia o nado costas no Brasil atualmente? Há anos você é o cara dominante no estilo e não surgiu ainda alguém para rivalizar com você. Há alguma explicação?

GUILHERME GUIDO: Pois é, isso é algo bom e ruim ao mesmo tempo. Bom para mim, pelo fato de conseguir me manter bem mesmo estando com 30 anos e já numa fase onde estamos mais perto do fim do que do início da nossa carreira. Mas é ruim também porque falta um pouco de competitividade, de ter alguém ali no seu calcanhar te puxando e te pressionando. Há muitos nadadores mais jovens com potencial e espero que eles consigam evoluir nestes próximos anos. Inclusive, há um grupo novo lá no Pinheiros só de nadadores de costas. Com todos nós treinando juntos acredito que melhores resultados virão.

SWIM CHANNEL: E quem esta fazendo parte desse grupo de atletas?

GUILHERME GUIDO: Estamos treinando eu, o Guilherme Basseto, o Vitor Guaraldo e o Leonardo Guedes. Já era para ter acontecido essa união entre nós antes, mas agora deu certo e conseguimos encaixar todo mundo.

Guilherme Guido em competição pelo Pinheiros – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

SWIM CHANNEL: Em Budapeste você teve o melhor resultado da sua carreira em piscina longa com o sétimo lugar nos 100m costas, além de um semifinal nos 50m costas. Antigamente era justamente o contrário que acontecia, com você indo melhor nos 50m. O que mudou?

GUILHERME GUIDO: Eu mudei um pouco essa mentalidade de valorizar demais os 50m costas. Foi uma prova que me deu oportunidade de nadar vários eventos internacionais através dos índices que atingia e todos sabem que as provas de 50m estilos fazem parte da cultura da natação brasileira. Ai muitas vezes focava demais na velocidade, treinava pesado na musculação e deixava de lado a preparação ideal para os 100m costas. Então decidi mudar essa mentalidade e fazer um trabalho mais dedicado aos 100m costas, uma prova que acabei melhorando bastante nas últimas temporadas.

SWIM CHANNEL: Já tem planos para o que fazer após os Jogos de Tóquio-2020? Imagina-se nadando ainda por muitos anos?

GUILHERME GUIDO: Com certeza vou nadar até a Olimpíada sim, mas depois disso já estarei com 33 anos e vamos ver o que acontece…

Tags

Guilherme Guido metodologia nado costas natacao Pinheiros Swim & Health Troféu Guilherme Guido

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas