Guilherme Maia é campeão na Surdolimpíada

02/08/2017

Facebook Twitter

Na semana passada os olhos do mundo estavam voltados para a cidade de Budapeste. A capital húngara sediou o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos que teve uma boa participação dos atletas brasileiros que conquistaram oito medalhas na natação e nas águas abertas. Ao mesmo tempo a cidade de Samsunno na Turquia sediava a 23ª edição da Surdolimpíada, a versão dos Jogos Olímpicos para deficientes auditivos. O Brasil competiu em 14 modalidade e voltou para casa com cinco medalhas. Duas delas foram nas piscinas. Uma delas inédita.

Guilherme Maia foi o responsável por fazer história nas águas de Samsunno ao vencer a prova dos 200m livre com novo recorde mundial: 1min52s55. Antes de sua vitória, nenhum brasileiro havia conquistado uma medalha de ouro em edições da Surdolimpíada. O nadador comemorou muito o triunfo e dedicou o ouro para crianças com deficiência auditiva. “É importantíssima essa conquista, pois mostra ao mundo e ao Brasil que os surdos também têm potencial. As crianças surdas precisam de incentivo e de um ídolo. Isso aqui foi incrível e não acreditava que poderia ser campeão. A ficha não caiu ainda”, disse Guilherme em entrevista a Agência Brasil.

Guilherme Maia celebra o título e recorde mundial - Foto: Reprodução

Guilherme Maia celebra o título e recorde mundial – Foto: Reprodução

Natural de Santos e formado em Educação Física, Guilherme ainda subiu novamente ao pódio, desta vez em terceiro lugar nos 100m livre com 51s95. O nadador já havia conquistado duas pratas e um bronze na Surdolimpíada de 2013 e soma diversas medalhas em eventos internacionais como Campeonatos Mundiais e Pan-Americanos para atletas com deficiência auditiva. Clique aqui para conferir os resultados da natação na Surdolimpíada de Samsunno.

por Guilherme Freitas

Tags

Guilherme Maia natacao Surdolimpíada