Roma

ISL divulga lista de participantes para edição de 2020

Ao todo serão dez equipes, duas a mais em relação que ano passado; edição começará a partir do mês de outubro

09/09/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
International Swimming League - Foto: Reprodução
International Swimming League - Foto: Alfredo Falcone/AP Photo

International Swimming League - Foto: Alfredo Falcone/AP Photo

International Swimming League - Foto: Reprodução

A International Swimming League (ISL) anunciou hoje em coletiva de imprensa as equipes que irão participar da edição de 2020 do evento. Desta vez serão dez equipes, sendo duas a mais do que a edição inaugural do ano passado. Serão estrelas mundiais juntas em um formato atraente de competições que começará a partir de outubro e poderá ser disputada em até três continentes.

Com o objetivo de dar maior visibilidade a modalidade e aos nadadores através de uma liga mundial com grande premiação em dinheiro, a ISL obteve bastante sucesso de público e audiência na sua primeira edição, sendo transmitida ao vivo por canais de televisão no mundo todo, inclusive no Brasil através do SporTV. Também teve muita repercussão nas redes sociais e espera-se que este ano o sucesso não seja diferente.

Guilherme Guido – Foto: Fabio Ferrari/LaPresse

Sem sedes ainda definidas a primeira etapa ocorrerá em outubro entre os dias 1º a 16. Em novembro haverá disputas na primeira quinzena do mês e depois entre os dias 19 e 22 a fase semifinal com os melhores nadadores das primeiras fases. Os melhores dos melhores avançam para a superfinal que está programada para a última semana de dezembro.

Ano passado ela aconteceu em Las Vegas e este ano a ISL pretende realizá-la em Tóquio, que ano que vem sedia os Jogos Olímpicos. Porém, devido as restrições sanitárias e de viagens ao país devido a pandemia do COVID-19, essa decisão ainda segue pendente. As duas novas equipes são Toronto Titans e Tokyo Frog Kings que se juntam a LA Current, Cali Condors, Energy Standard, London Roars, Aqua Centurions, DC Trident, NY Breakers e Iron Aquatics.

Adam Peaty nadará edição 2020 – Foto: Gian Mattia D’Alberto/LaPresse

Ao todo 20 brasileiros estão em ação nessa edição da ISL. São eles: Brandonn Almeida (NY Breakers), Marco Antonio Ferreira, Fernando Scheffer e Felipe França (LA Current), Guilherme Guido e Vinicius Lanza (London Roar), Guilherme Basseto, Nicholas Santos e Leonardo Santos (Iron Aquatics), Bruno Fratus (Tokyo Frogs), Matheus Santana (DC Trident), Breno Correia, Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Larissa Oliveira, Leonardo de Deus, Luiz Altamir, Etiene Medeiros e Gabriel Santos (Aqua Centurions), Felipe Lima (Energy Standard) e Jhennifer Alves (Toronto Titans).

Entre as estrelas internacionais destaque para os campeões olímpicos Caeleb Dressel, Adam Peaty, Katinka Hosszu, Ranomi Kromowidjojo, Florent Manaudou, Sarah Sjostrom, Pernille Blume, entre outros. Já entre as ausências desde ano estão Katie Ledecky, Nathan Adrian e Anton Chupkov que não retornam a competição.

Florent Manaudou e Caeleb Dressel – Foto: Iuri Federici / La Presse

A ISL teve ano passado seis etapas classificatórias e reuniu as quatro melhores equipes do torneio: LA Current, Cali Condors, Energy Standard e London Roars na grande final de Las Vegas, com vitória do Energy Standard. Recentemente, a  ISL divulgou um pacote de US$ 11 milhões para 320 nadadores das dez equipes que disputarão a segunda temporada este ano. O pacote foi lançado para dar suporte aos nadadores menos conhecidos se manterem ativos até 2021.

Cada nadador receberá US$ 1500 por mês, de setembro de 2020 a julho de 2021, data do início dos Jogos Olímpicos. Além de apoio financeiro, os organizadores da competição montaram um campo de treinamento e competição de cinco semanas que será realizado a partir de outubro/novembro para todos os nadadores e treinadores que estiverem envolvidos com a ISL. A entidade que cobrirá todas as despesas. Mais detalhes no site oficial do evento: isl.global/.

Tags

International Swimming League ISL natacao

Notícias relacionadas