ISL lança pacote de ajuda aos nadadores até 2021

International Swimming League distribuirá US$ 11 milhões para 320 nadadores das dez equipes da temporada

29/04/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Katinka Hosszu - Foto: Arena/Reprodução
International Swimming League - Foto: Alfredo Falcone/AP Photo

International Swimming League - Foto: Alfredo Falcone/AP Photo

Katinka Hosszu - Foto: Arena/Reprodução

A ISL (International Swimming League) divulgou um pacote de US$ 11 milhões para 320 nadadores das 10 equipes que disputariam a segunda temporada este ano. O pacote foi lançado para dar suporte aos nadadores menos conhecidos se manterem até 2021.

Cada nadador receberá US$ 1500 por mês, de setembro de 2020 a julho de 2021, data do início dos Jogos Olímpicos. Além de apoio financeiro, os organizadores da competição montaram um campo de treinamento e competição de cinco semanas que será realizado a partir de outubro/novembro para todos os nadadores e treinadores que estiverem envolvidos com a ISL. A entidade que cobrirá todas as despesas.

A campeã olímpica Katinka Hosszu comentou sobre a ação em entrevista a revista Swimming World. “A temporada da ISL também precisa se adaptar a situação em que estamos neste momento no mundo e estou muito feliz com a iniciativa do programa de solidariedade. Eu acho que esse programa é uma ótima iniciativa e é exatamente por isso que estou tão feliz em ajudar os nadadores que talvez não tenham financiamento para o próximo ano”, disse Hosszu.

Katinka Hosszu – Foto: Divulgação

Nove dos companheiros de equipe de Hosszu, que moram em Budapeste na Hungria, incluindo a campeã mundial dos 200m borboleta, Boglarka Kapas, testaram positivo para o COVID-19. “Foi realmente surpreendente para muitos nadadores também, porque eles não apresentaram nenhum sintoma, mas eles carregam o vírus, então isso é algo que todos nós devemos observar”, disse a capitã da equipe Iron Aquatics.

O campo de treinamento e competição de cinco semanas é algo que pode valer muito para os nadadores. “É realmente ótimo que a ISL seja capaz de se adaptar a essa situação muito rapidamente e os nadadores de competição podem esperar. Vai ser muito divertido, todos esperamos e todos assumimos que as coisas ficarão muito melhores a partir de agosto e setembro e com a ISL poderemos passar quatro ou cinco semanas no outono juntos”, completou.

International Swimming League – Foto: Alfredo Falcone/AP Photo

A ISL teve ano passado seis etapas classificatórias e reuniu as quatro melhores equipes do torneio: LA Current, Cali Condors, Energy Standard e London Roars em uma grande final na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos.

Com o objetivo de dar maior visibilidade a modalidade e aos nadadores através de uma liga mundial com grande premiação em dinheiro, a ISL obteve bastante sucesso de público e audiência sendo transmitida ao vivo por canais de televisão no mundo todo, inclusive no Brasil através do Sportv.

Tags

Coronavírus COVID-19 ISL Katinka Hosszu Liga Internacional de Natação natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas