Katie Ledecky deixou de ganhar US$ 5 milhões ao optar pelo NCAA

Para poder competir na natação universitária entre 2016 e 2018, a americana não pode fechar diversos patrocínios

28/08/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Katie Ledecky - Foto de Valdrin Xhemaj/European Pressphoto Agency
Katie Ledecky - Foto: Mike Lewis

Katie Ledecky - Foto: Mike Lewis

Katie Ledecky - Foto de Valdrin Xhemaj/European Pressphoto Agency

A multicampeã olímpica Katie Ledecky chegou a perder US$ 5 milhões ao recusar patrocínios para seguir atuando na natação universitária americana segundo uma reportagem do jornal Business Insider. De acordo com a publicação, a nadadora optou por ter uma vivência no esporte universitário ao invés de fechar acordos milionários de patrocínio. Para poder competir no sistema universitário do NCAA (Campeonato Americano Universitário) um atleta não pode aceitar nenhum contrato de patrocínio, que é geralmente a principal forma dos nadadores do país ganharem dinheiro.

Nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, quando ganhou cinco medalhas, a nadadora competiu como estudante/atleta por escolha própria. Na época ela já havia sido sondada para fechar contratos de publicidade, mas decidiu viver a experiência de disputar competições universitárias com a equipe de Stanford. Em entrevistas ela afirmou que não se preocupa com isso, mesmo agora. Ela ainda disse que sempre quis trabalhar com uma equipe notável e obter uma educação de nível internacional. Ledecky nadou o NCAA entre 2016 e 2018.

Katie Ledecky – Foto: Reprodução

As medalhas de Ledecky no Rio-2016 incluíram incentivos de pagamento totalizando US$ 355 mil segundo relatórios do jornal USA Today. Mesmo com rígidas limitações do sistema NCAA, ela conseguiu reaver esses ganhos. Porém, caso fosse profissional o valor dessa premiação somada a possíveis contratos publicitários chegaria aos US$ 5 milhões. Atualmente ela é profissional e bastante requisitada pelas marcas. Quase todas as semanas, Ledecky anuncia uma nova parceria com uma grande marca global.

Ledecky vem de uma família rica. Seu tio Jon Ledecky é dono da franquia New York Islanders, time da liga profissional de hóquei. De acordo com o site Celebrity Net Worth a campeã vale aproximadamente US$ 4 milhões. Até os Jogos Olímpicos de Paris-2024 ela vai ganhar ainda muito dinheiro graças a um acordo de US$ 7 milhões com a TYR. Ela também é embaixadora da marca Adidas e tem entre parceiros a Panasonic, Polo Ralph Lauren, entre outras.

Tags

Katie Ledecky mercado de natação natacao NCAA

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas