Larissa Oliveira é a maior medalhista feminina em Pans

Brasileira soma agora nove medalhas em Jogos Pan-Americanos ultrapassando Joanna Maranhão e Tatiana Lemos

10/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Larissa Oliveira - Foto: Alexandre Loureiro/COB
Larissa Oliveira - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Larissa Oliveira - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Larissa Oliveira - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Larissa Oliveira se tornou na noite desta sexta-feira a maior nadadora brasileira em número de medalhas nos Jogos Pan-Americanos. Com a medalha de bronze conquistada com o revezamento 4x200m livre feminino, no penúltimo dia de natação em Lima, no Peru, a nadadora acumula agora nove medalhas na coleção.

Seis delas apenas nesta edição dos Jogos. Larissa conquistou, além do bronze no revezamento 4x200m livre, o bronze nos 100m e 200m livre, a prata no 4x100m livre feminino e misto e o ouro no 4x100m medley misto.

“Além da Larissa, esse é um feito da natação feminina. Esse resultado é de todo um staff, meu técnico, do meu clube de todas as pessoas que me apoiam e de todos os brasileiros. Não é um feito só da Larissa, mas sim a natação feminina que está se superando cada vez mais”, comentou a nadadora.

Larissa Oliveira – Foto: Alexandre Loureiro/COB

Larissa tem ainda a prata no 4x200m livre feminino e duas medalhas de bronze no 4x100m livre feminino e 4x100m medley feminino conquistadas em Toronto 2015. Antes dela, as recordistas eram Tatiana Lemos e Joanna Maranhão, ambas com oito medalhas conquistadas.

“É muito bom (ter essa marca de nove medalhas conquistadas), fico muito lisonjeada e emocionada. Só tenho que agradecer. Sou uma pessoa que exigente muito de mim mesma e acho que os tempos aqui deixaram a desejar. Mas temos que comemorar o feito, então estou super feliz com isso e está valendo”, finalizou.

Além dessa marca, a nadadora do Pinheiros também tornou-se a maior medalhista da natação feminina em uma edição de Jogos Pan Americanos com seis medalhas conquistadas.

Larissa Oliveira; Foto: Alexandre Loureiro/COB

Larissa tem ainda em sua carreira, quatro ouros no Sul-Americano de Santiago em 2014, além de três medalhas em mundias de curta, são elas: ouro no 4x50m medley misto em Doha-2014, prata na mesma prova em Windsor-2016 e o bronze em Doha-2014 agora no 4x50m livre misto.

A nadadora ainda compete o revezamento 4×100 metros medley feminino e pode aumentar ainda mais o recorde de medalhas. A prova será realizada no última dia de competições em Videna, no Peru. As finais começam às 22h30 (horário de Brasília) e tem transmissão do Sportv e Record TV. Todos os resultados podem ser vistos aqui. 

Tags

Joanna Maranhão Jogos Pan-Americanos Larissa Oliveira Lima-2019 natacao Tatiana Lemos

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas