Luiz Altamir pronto para a seletiva olímpica

Nadador, patrocinado pela marca Fabiola Molina, retornou ao Flamengo e inicia agora um novo ciclo em sua carreira

20/02/2020 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Vista do Parque Aquático Maria Lenk - Foto: Satiro Sodré/SSPress
Luiz Altamir - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Luiz Altamir - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Vista do Parque Aquático Maria Lenk - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Luiz Altamir voltou ao Clube de Regatas do Flamengo neste ano olímpico. A volta para casa, no clube onde despontou para o cenário nacional, foi uma escolha do nadador que retomou os treinos com o técnico Eduardo Pereira, o Duda, visando uma vaga na seleção olímpica que será definida no Troféu Brasil/Maria Lenk, a seletiva nacional que ocorre em abril no Parque Aquático Maria Lenk.

“Aqui me sinto em casa, sempre muito bem acolhido pelas pessoas, dirigentes, meu técnico e o preparador físico. Só tenho a agradecer a eles, Duda e André, duas pessoas que conseguem extrair o melhor de mim”, concluiu o nadador que estava no Esporte Clube Pinheiros.

Altamir tem 23 anos e é natural de Roraima. Criado no Ceará, disputou os Jogos Olímpicos do Rio-2016 (integrou o revezamento 4x200m livre e competiu nos 400m livre), foi campeão pan-americano em 2015 com o 4x200m livre, medalhista olímpico da juventude em 2014 e fez nas duas últimas as melhores temporadas da carreira.

Em 2018 integrou o revezamento 4x200m livre campeão e recordista mundial em piscina curta, além de fazer parte da equipe que ganhou a vaga olímpica com o 4x200m livre no Campeonato Mundial de Gwangju, além de ter ganhado a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019 também revezamento.

View this post on Instagram

O preview da nova coleção "Banzai" está a todo vapor

Mais uma novidade para esse ano de 2020 é que o jovem nadador tem apoio da marca Fabíola Molina, referência em maiôs, sunquinis e sungas para natação de alta performance. “Depois de uma sessão de fotos que fiz para a nova coleção da marca e através da minha namorada Giovanna Diamante, que já estava tendo esse apoio, surgiu o convite para ter a Fabiola Molina como minha patrocinadora”, comentou Altamir.

“Eu me apaixonei pela marca depois que começaram a fazer com modelos menores nas laterais e as estampas são lindas”, disse o também 3º Sargento da Marinha do Brasil.

Sobre sua relação com a Fabiola, dona da marca, ele reforça: “Fabiola é uma pessoa incrível, muito dedicada com o trabalho que faz e principalmente muito gente boa. No final do ano passado quando fizemos as fotos para a nova coleção criei ainda mais admiração por ela”, comentou.

Luiz Altamir – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

“De volta para casa”, o nadador tem todo seu foco no Troféu Brasil/Maria Lenk que será realizado entre os dias 20 e 25 de abril no Rio de Janeiro e será a única chance dos nadadores brasileiros irem à Tóquio. Altamir terá a chance de se classificar para sua segunda Olimpíada com foco nas provas de 200m borboleta, 200m e 400m livre e garantir um lugar no concorrido revezamento 4x200m livre.

“Minha expectativa para o Troféu Brasil está bem positiva. Estou bem feliz e quando você junta o que você ama com felicidade, coisas boas tendem a acontecer. Espero nadar muito bem e me superar”, concluiu o nadador.

Tags

Fabiola Molina Flamengo Luiz Altamir natacao seletiva olímpica Troféu Brasil

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas