Roma

Mantendo a tradição

Estreante em Jogos Pan-Americanos, Fernando Scheffer vence os 200m livre e conquista o quarto ouro do Brasil na distância

08/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Fernando Scheffer - Foto: Alexandre Loureiro/COB
Fernando Scheffer - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Fernando Scheffer - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Fernando Scheffer - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Os 200m livre masculino nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, foram especiais para Fernando Scheffer. Prata nos 400m livre, o nadador venceu sua prova favorita logo em sua estreia nos Jogos Pan-Americanos e continuou com o bom retrospecto do país na prova.

Na final o nadador venceu a prova com o tempo de 1min46s68, a frente do brasileiro Breno Correia, que foi prata com 1min47s47 e do americano Drew Kibler, bronze com 1min47s71.

Recordista pan-americano na distância, com 1min44s51 feitos no Torneio Open de 2018, Scheffer nadou controlado a prova toda e soube crescer no momento certo. Na final, virou em sétimo nos primeiros 50 metros, em sexto nos 100 e em quinto na última virada. Sua última parcial foi de 26s47, essencial para arrancar e levar o ouro.

Fernando Scheffer – Foto: Alexandre Loureiro/COB

“Me senti bem hoje, apesar de ter nadado ontem, que foi bom para ter quebrado o gelo. Eu gostei da minha prova, usei uma estratégia diferente da de ontem e tentei começar mais conservador e ir crescendo durante a prova. Consegui crescer bem e bater na frente”, comentou Scheffer.

João de Lucca do Brasil é o atual recordista pan-americano da prova, com 1min46s42 feitos em Toronto-2015. Scheffer, que é recordista sul-americano da prova, tem como melhor marca esta temporada os 1min45s83 feitos na semifinal do Campeonato Mundial de Gwangju, quando terminou na nona colocação.

Com a vitória, o Brasil já soma quatro ouros nesta prova. Dois deles com Gustavo Borges em Mar del Plata-1995 e Winnipeg-1999, uma com João de Lucca na última edição em Toronto-2015 e agora com Scheffer. Fora os ouros ainda são mais quatro medalhas, incluindo a de prata Breno neste Pan. Na história da competição os americanos são os maiores vencedores com sete medalhas de ouro, mas que não vencem desde o Pan do Rio-2007.

João de Lucca campeão no Pan de 2015 – Foto: Satiro Sodre/SSPress

“Subir no lugar mais alto do pódio é o ápice. A medalha é a recompensa concreta de todo o esforço que a gente tem, de toda a rotina, muito pesada de ser atleta. Mas quando a gente vem aqui, representa o seu país e escuta o hino no lugar mais alto do pódio é a coisa mais gratificante que tem. Eu não poderia estar mais feliz”, comentou o atleta.

Os resultados completos da etapa podem ser vistos aqui. Nesta quinta-feira (08) teremos as eliminatórias e finais das seguintes provas: 100m livre feminino e masculino, 200m peito feminino e masculino, 100m costas feminino e masculino, 800m livre feminino e masculino e o revezamento 4x100m medley misto. As finais começam às 22h30 (horário de Brasília) com transmissão da Record TV e Sportv.

Tags

Fernando Scheffer Gustavo Borges João de Lucca Jogos Pan-Americanos Lima-2019 natacao

Notícias relacionadas