Marrocos Swim Trek: uma aventura no deserto

Terceira edição da prova será realizada entre os dias 26 de novembro e 1º de dezembro de 2019 na Lagoa de Dakhla no Marrocos

16/09/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Marrocos Swim Treck - Foto: Reprodução
A italiana Alice Franco - Foto: Reprodução

A italiana Alice Franco - Foto: Reprodução

Marrocos Swim Treck - Foto: Reprodução

Nadar no deserto do Saara pode ser possível. O Marrocos Swim Trek, competição é composta por quatro provas de natação em águas abertas, apresenta um novo formato de disputas e chega a sua terceira edição em 2019. Entre os dias 26 de novembro e 1º de dezembro de 2019, os atletas amadores e profissionais nadarão na Lagoa de Dakhla, no Marrocos, provas que somadas darão 30 km percorridos.

Cada prova do evento terá uma quilometragem diferente. A competição mescla esporte com turismo, lazer e diversão. A primeira etapa, realizada no dia 27 de novembro terá 6,5 km. A segunda, no dia seguinte, terá 8,5 km de percurso. A terceira etapa acontece dia 29 com 10 km e por fim, a última no dia 30 com 5 km.

Para combater o frio e as irritações causadas pelo sal, os participantes poderão usar gordura (como petrolato, lanolina ou gordura de ordenha) para passar no corpo, além do uso da roupa de neoprene. O desafio da competição está em enfrentar, além do vento, as fortes correntes do deserto do Saara. No Marrocos Swim Trek a maior parte da prova é em linha reta: os nadadores vão de um ponto a outro.

A competição é realizada na Lagoa de Dakhla, que leva um caráter incomum e exótico a prova em um lugar influenciado pelas culturas marroquina e africana. A cidade de Dakhla fica no sul do Marrocos, cerca de 30 km ao norte do Trópico de Câncer, assim como Havana, Cantão ou Havaí. Lá, as temperaturas variam entre 22°C e 27°C e a água tem temperatura de aproximadamente 20°C.

A inscrição para a competição inclui: alojamento durante a duração do evento (cinco noites), hospedagem completa,  traslados partidas/chegadas ao aeroporto de Dakhla durante o evento, touca de natação, aluguel de uma boia, pulseira com o microchip, assistência médica durante a competição, sessões de relaxamento e ioga e troféus para vencedores e camisetas e diplomas para os participantes.

Entre nomes conhecidos das águas abertas que já nadaram o Marrocos Swim Trek esta a italiana e medalhista de bronze dos 25 km no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai-2011, Alice Franco. Para mais informações sobre a prova veja aqui: http://www.moroccoswimtrek.com/index.php

Tags

Águas abertas Lagoa de Dakhla Marrocos Marrocos Swim Trek natacao Swim Trek

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas