Conheça os melhores eventos

Travessia dos Fortes

Tida como a principal prova de águas abertas do Brasil, a Travessia dos Fortes volta ao calendário nacional em 2018

Próximos Eventos

Últimos Eventos

Durante anos a Travessia dos Fortes foi considerada como a maior prova de águas abertas do Brasil. O evento contava com transmissão ao vivo da TV Globo, além de ser uma prova curta com 3,8 km ligando o Forte de Copacabana ao Forte Duque de Caxias (Forte do Leme). Realizada pela última vez em 2012, a prova esta de volta ao calendário nacional em 2018.

Disputada pela primeira vez em 2001, a travessia teve 700 inscritos e chegou a seu ápice em 2005 quando atingiu 4 mil inscritos. Por medidas de segurança do Exército Brasileiro, entidade que passou a organizar a Travessia dos Fortes, o número foi reduzido aos 2,5 mil.

Além de ligar duas fortificações no Rio, a nomenclatura dos Fortes também é utilizada em alusão àqueles que se aventuram a completar percurso. As águas de Copacabana são conhecidas por serem um pouco geladas e ter correntezas e ventos desfavoráveis. Por isso, quem completa a prova completa pode ser chamado de forte.

 

 

A dinâmica da travessia consistia em ir de um Forte ao outro. Os atletas eram divididos em três grupos: elite, portadores de necessidades especiais e por faixas etárias. O primeiro reunia os principais nadadores do país; o segundo concentrava os nadadores paraolímpicos e o terceiro, os demais participantes amadores. O Exército sempre se preocupou com a segurança dos atleta e não economizava na estrutura colocando a disposição dezenas de barcos, botes, lanchas, caiaques e jet-skis, além UTIs móveis e médicos.

Uma curiosidade é que esta foi a primeira prova de Poliana Okimoto nas águas abertas. Em 2005 a nadadora encarou a modalidade pela primeira vez e venceu a travessia. Onze anos depois conquistaria na mesma praia a medalha olímpica de bronze na maratona aquática.

Rafael Gonçalves e Fabiana Cunha foram os primeiros campeões da travessia. Os últimos vencedores da prova foram Luis Rogério Arapiraca e Isabelle Longo em 2012. Até hoje o maior campeão é Luiz Lima que triunfou em cinco edições consecutivas entre 2002 e 2006.

Modalidades

Travessia de 3,8 k

3,8 km de natação no mar